CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO
Top Model Guarujá fotos de Marinho Guzman

domingo, 1 de março de 2020

41-801 - 820 do total de 1158 pensamentos na coleção de marinho guzman


Metade do sucesso em qualquer empreitada é fazer o que se gosta, a outra metade é saber fazer.
Restam os que estudam o que não querem, trabalham naquilo que não gostam e têm, como resultado, uma vida vazia que quando está cheia é de problemas.
Não vou dizer que é fácil a gente sobreviver fazendo somente o que gosta mas é preciso tentar arduamente, porque não se recupera o tempo perdido, no máximo, lastima-se.

Marinho Guzman
Desse pessoal mais novo, quem souber conjugar os verbos regulares e a tabuada de cor, pode ter certeza de que está no lucro!
Nem tente perguntar o que são verbos irregulares.
Demorô!
Fui!

Marinho Guzman



Cabeças precisam rolar!

É tanta indignidade, tanta indignação, que a gente acaba se acovardando, se acostumando ou cansando.
É dessa maneira que os idiotas vão ganhando espaço, eleições e o direito de tripudiar os nossos direitos.
Cabeças já!

Marinho Guzman
Democracia...
Com um sentimento de indignação me curvo à vontade popular contaminada pela crise ética que assola esse povo inculto.

Marinho Guzman
Devemos agradecer às pessoas que nos ajudam ou pelo menos tentam, mas nunca podemos culpá-las pelos nossos erros. São nossos erros.

Marinho Guzman
Para quem gosta de contraditar, tem sim um ou outro político honesto.
Mas não procure, é tão difícil como achar virgem na zona.

Marinho Guzman
Falando sozinho.
Ha diferentes formas de sentirmo-nos prestigiados, e isso de alguma forma quer dizer que falamos e escrevemos menos besteiras do que as pessoas estão acostumadas a ouvir ou, na melhor das hipóteses, escrevemos coisas interessantes, que fazem por merecer um “curtir”.
Tá certo que garotas gostosas, com pouquíssima roupa têm milhares de seguidores e curtidas.
Elas merecem seja porque alimentam a nossa lascívia ou porque têm mesmo um tipo de beleza que merece uma dedada no “curtir”.
Mas o motivo do texto é alertar para muitíssimas publicações opinativas, políticas ou não, aqui no Facebook, que ou não são lidas ou não merecem grande número de curtidas dos leitores.
É tal a verve desses consertadores de mundo e esculhambadores da imagem alheia, que seria bom darem uma repensada se esse é o veículo certo, o publico certo ou se as suas opiniões não vão ao encontro da maioria.
Meu conselho é:-Quer escrever para si próprio, escreva num diário.

Marinho Guzman
Por causa de uma mulher eu fui ao fundo do poço, depois ao fim do mundo.
Quanto mais longe, melhor...

Marinho Guzman
O dia dos namorados.

Não vou repetir quantos e quais são os dias que têm comemoração programada, mas é um tal de viver às voltas com a obrigação de fazer alusão, comemorar, lembrar de parabenizar, presentear e recriminar ou ser recriminado por esquecer da tal data, que me pergunto, para que existem os outros dias.
Se você se lembra ou se esquece de presentear a sua namorada,só no dia dos namorados, no aniversario dela e no natal, está correndo o sério risco de não festejar o prazer de fazê-lo todos os dias, todas as horas, a semana inteira, o mês todo e ano a ano, cada vez com mais intensidade.
Dia dos namorados são todos os dias de duas pessoas que se amam e não deve haver nenhuma preocupação em marcar dia, hora ou mês.
O melhor presente que você pode dar ou receber da sua namorada é saber que você é dela e ela é sua, e cada palavra que você dá ou recebe com amor é o maior presente.

Marinho Guzman
Há quem não defenda um amigo porque não tem nenhum e outros porque nem sabem o que é amizade.

Marinho Guzman
Por fora bela viola...

As reclamações a respeito dos buracos nas ruas, do lixo espalhado e mal recolhido que entope os bueiros e impede a vazão das águas pluviais, dos mendigos urinado e defecando em cada canto das calçadas têm sido algumas das muitas reclamações dos moradores do Guarujá e dos visitantes que fazem coro no desagrado com a política de baixo nível que deveria administrar a cidade mas só pensa em administrar as próprias vantagens.
Há alguns bastiões das sociedades de outras cidades, como as sociedades de servir, clubes e associações de comerciantes, que por aqui são ou foram dirigidas por incompetentes e conhecidos puxa sacos que governo após governo dão apoio a prefeitos que fazem da cidade quintal da própria casa.
Nanicas, algumas associações trocam seus presidentes e diretores que se contentam e ser fotografados e aparecer nas muitas “colunas sociais” da cidade. Algumas parecem, pela qualidade das fotos e pela feiura dos homenageados, verdadeiros terreiros onde se oferece o sacrifício de animais.
Salvo honrosas exceções, que não nomearei para não incorrer em erro, clubes e associações de servir fazem cortesia com chapéu alheio e fazem festas e churrascos onde o presidente é anfitrião e os comensais são conhecidos aproveitadores da pseudo benemerência.
Há clubes que nem por fora são “bela viola”. Quem olha a fachada mal cuidada com faixas velhas e sujas, ao arrepio da lei, pode imaginar que por dentro não vai encontrar nada melhor.
Há um clube na cidade que fez da área de embarque e desembarque dos passageiros de veículos que são deixadas à sua porta, estacionamento para motos e bicicletas.
O resultado é a parada em fila dupla que é ilegal, prejudica o trânsito, tira a segurança desse desembarque, arrisca a integridade física e subverte a finalidade do espaço.
Por fora, nem bela viola, lá dentro, churrasco semanal para a panela bolorenta.

Marinho Guzman
A novela da vida da gente.
Não assisto novela mas já assisti e nada me impede de assistir de novo quando, e se, essa comunicação de massas deixar de ser nivelada por baixo para atingir toda a massa.
Dá para perceber, que se bem utilizada as novelas poderiam ser um grande instrumento de comunicação de verdade, ao invés de ser uma grande vendedora de ilusões, mentiras, produtos descartáveis com pouca qualidade e passar a ilusão de que quem leva vantagem sai ganhando, que sexo é amor e que a riqueza por si só traz felicidade.
Mas para que melhorar? A vida da gente é uma novela e a do povo um drama....
Ao nivelar por baixo, os autores das novelas exercitam freneticamente seus dons para baixar o próprio nível ao nível da pior espécie dos telespectadores.
Além de reclamar, não há o que fazer.

Marinho Guzman
Fico pensando como pode ser difícil a vida de algumas putas que buscam sustento das próprias famílias na chamada vida fácil, e encontraram muita dificuldade com a concorrência brava de algumas moçoilas, que pegando carona na conquista de direitos iguais para o sexo feminino, já podem frequentar o Clube das Mulheres do meu amigo Focca, fazer esquenta na casa das amigas, ir sozinhas nas baladas, dar o que é seu para quem quiser e quando quiser, colocando o homem no seu devido lugar.
Mais um pouco, puta vai ser coisa tão rara que e não vai ser encontrada nem para fazer remédio.

Marinho Guzman
A vida é uma viagem.

Dificilmente a maioria dos jovens pensa na vida como um todo.
No máximo, o conceito de morte começa a fazer parte da nossa vida com a perda de um parente mais próximo, muitas vezes, nossos avós.
Aí a morte se torna motivo de dor e ainda assim, demora muito para que a gente comece a pensar na razão da vida, na nossa passagem por ela e no inevitável fim de todos nós.
O tempo da constatação e essas reflexões são diferentes para cada indivíduo. Muitos ainda não atingiram essa hora e não tenho notícias de que pessoas normais não se conformem com isso e ainda assim, cada um é dono das suas ações para viver como desejar.
A exata compreensão do tempo pode ser uma maneira de vivermos melhor. Tomo como exemplo uma viagem de lazer, onde você sabe o dia que vai, os dias que vai ter para conhecer e aproveitar esse ou esses lugares e sabe, que há dia e hora certos para você voltar. Ciente desse tempo, cada um escolhe o que vai fazer, porque sabe que não dá para fazer tudo.
A vida é assim. Sabemos que ela começou, temos consciência de do estagio em que ela está para nós pela idade que temos e a consciência do tempo pode ser um marco definitivo para que a gente escolha como vai viver.
Algumas pessoas apesar da consciência dessa finitude, levam a vida como se a viagem nunca fosse terminar e não raro, no final, ficam com uma sensação de que faltou alguma coisa quando não dá mais tempo para ir a lugar nenhum, abraçar alguém ou terminar alguma tarefa.
Ninguém precisa pensar na morte para viver tão intensamente como deseja, mas é preciso programar bem a viagem para depois dela ainda ter tempo de saborear a sua lembrança.
Alguns dizem que a melhor parte de uma viagem é a sua programação e eu digo que você sempre pode fazer uma bela viagem, mas a vida é uma daquelas que você precisa programar bem para viver melhor, porque essa é a única viagem que você sabe com certeza de que não vai poder voltar para fazer qualquer coisa que tiver deixado passar.

Marinho Guzman
Um dos maiores problemas que sinto em ficar velho é não saber “prá que”.

A gente sabe “por que” mas o dia a dia teima em esconder “prá que”.
Com um motor de sessenta e quatro mil quilômetros, sigo rodando bem pela cidade e pelas estradas, pilotado sempre e exclusivamente pela querida Amanda, que tem trinta mil quilômetros menos que eu.
Amortecedores bem conservados, por ter evitado sempre estradas ruins, motor gastando pouco óleo, por nunca ter usado combustível adulterado e ter abandonado as drogas legais como o cigarro e o álcool há quase vinte e cinco anos, meu motor segue soltando alguma fumaça, mas subindo bem as ladeiras e sendo guardado sempre na mesma garagem nos últimos doze anos, desde que desisti definitivamente das locações esporádicas, dos fortuitos “perdidos” e das ilusórias aventuras mágicas. Tudo graças à excelente motorista que a Amanda é, e que não me deixa esquecer que o certificado de propriedade está no nome dela.
A moderna engenharia, providencialmente, descobriu uns comprimidos azuis e agora outros amarelinhos, que misturados no combustível antes de uma arrancada mais rápida, faz lembrar o tempo em que o motor pegava mesmo frio na primeira partida. Isso é o que basta por enquanto, para atingir a velocidade máxima, que por sorte anda tolhendo até a dos carros mais novos e mais potentes.
Contam-me algumas amigas que máquinas bem mais novas e potentes, com design moderno, bíceps e coxas musculosas, têm usado o tanquinho mais para mostrar por aí do que para encarar um forte rala e rola.
É bem verdade que sofri uns acidentes no percurso, mas nada que não pudesse ser reparado sem deixar sequelas.
Não há danos na carroceria. Ocorre que sou um modelo antigo, mas ainda se encontram muitos sedans 1.948 e mais antigos do que eu em plena forma.
Bem, vamos torcer para que a máquina continue funcionando a contento e que não venha uma campanha dessas malucas, para desencalhar estoques, onde você entrega o velho e com mais umas parcelas, sem juros, você pega um zero quilômetro.
Meu pai já dizia que qualquer marca de carro é boa e que carro bom é carro novo.
Vou torcer para que a Amanda não fique tentada e vou fazer aquilo que aprendi no decorrer dessa vida de muito aprendizado.
Você conquista a mulher beijando-a sempre e no lugar certo.
Aprendi cedo que o melhor lugar e o único lugar certo é em qualquer país da Europa.
Parto no sábado, até a volta!

Marinho Guzman
Autores e atores de novela e políticos, deveriam ganhar salário mínimo e piso salarial, aí sim poderiam dizer que são gente do povo e falam para o povo, na linguagem do povo.

Marinho Guzman



Novela...

Não assisti nenhum capítulo da novela Salve Jorge, não tive curiosidade de saber a respeito da inflação ou da exportação de putas.
Poupei-me das discussões a respeito de umas tantas questões homo afetivas, de assédio, preconceito e da pacificação das comunidades do maravilhoso estado vizinho, o Rio de Janeiro.
Confesso que perdi algo por não ter visto as suas praias lindas e mulheres esculturais, mas isso de vez em quando eu bebo na fonte.
Nada contra as novelas, nem a favor. Simplesmente eu não suporto ver na televisão aquilo do qual fujo todos os dias na vida real.
Falsidade, mentira, crimes e corrupção, traição, amores não correspondidos, falta de educação e um pouco, bem pouco, de amor de verdade e altruísmo, as duas últimas, em porções homeopáticas tal qual na vida real.
Quem me conhece sabe que não sou moralista nem prego uma coisa e faço outra, mas acho a televisão está exagerando e de uma forma ou de outra, fazendo com que o povo acredite que todo mundo é assim e que devemos aturar a corja criminosa, em que pese a maioria se dar mal no fim da novela.
E aí é que está a diferença. No fim da novela o vilão às vezes se ferra, mas na vida real continua por aí levando vantagem, vivendo numa boa e ferrando a vida de quem está por perto.
Parece que tem gente que só tem orgasmo quando está fodendo a vida dos outros.
Quanto a uns abnegados que tentam acertar, um recado: é admirável o esforço das pessoas para fazer o melhor que podem. Dar o máximo de si é louvável mas quem faz o melhor que pode e não faz o suficiente não pode nem deve ser enaltecido e até endeusado.
Autores e atores de novela e políticos, deveriam ganhar salário mínimo e piso salarial, aí sim poderiam dizer que são gente do povo e falam para o povo, na linguagem do povo.
De resto, teria sido melhor do que Salve Jorge, um salve-se quem puder.
Como dizem os “meuuus queriduss”, “minhasss queridass” e os “múdérnuss”, FUI !

Marinho Guzman
Quem faz o melhor que pode e não faz o suficiente não pode nem deve ser enaltecido.

Marinho Guzman
Escrever faz amigos

Quem escreve transforma os próprios pensamentos e sentimentos em palavras, que conseguem transmitir a outros, com sinais comuns, coisas únicas que sensibilizam toda a gente, cada um de uma maneira diferente, porém universal.
Todas as palavras em qualquer idioma já foram ditas e escritas e ainda assim, quem escreve consegue sensibilizar de tal forma, que quem lê, pode chegar a sentir que parece que essas palavras foram escritas só para si.
Eu amo escrever para quem gosta de ler. Isso nos aproxima, nos torna amigos, gente com quem nunca falei mas com quem certamente teria uma conversa das mais agradáveis.
Escrever faz amigos.

Marinho Guzman
Tem pai que é cego, em pai que finge que é cego e tem filho que pensa que o pai é cego.

Marinho Guzman






Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI