CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO
Top Model Guarujá fotos de Marinho Guzman

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

36- 701 - 720 do total de 1158 pensamentos na coleção de marinhoguzman


O Guarujá é uma Arca de Noé. Sem Noé e sem a Arca...

Marinho Guzman

Os caminhos mais curtos nem sempre são os melhores.
Quem escolhe os caminhos mais curtos não conhece todo o percurso.
Atalhos encurtam o caminho mas não garantem que a gente chegue ao final da jornada com primazia para entrar em lugar algum.
Alguns “espertos” furam a fila da balsa mas deixam para quem espera um tempo necessário para a reflexão de que o mundo não é dos que fraudam mas do que resignadamente respeitam.
Quem não respeita não será respeitado.

Marinho Guzman
   
Só vou comer peixe cru se na próxima encarnação eu nascer foca...

Marinho Guzman

Se você quer ser respeitado precisa ser admirado pelas coisas que faz, diz ou escreve.

Marinho Guzman

O novo, o velho e o confiável.
Nem tudo que é novo é melhor do que o velho nem mais confiável.
Quando se trata da garantia, papelucho que acompanha quase todas as mercadorias, se o produto não satisfizer as necessidades ou não funcionar, pode ser trocado.
Não é o que acontece com as pessoas. Quem acha que dá para trocar os pais, os filhos, a família, é pouco confiável.
Tem quem troque de marido ou mulher com facilidade. Para esses, pouco importa o problema que a troca pode causar para os filhos, a família e até aos próprios amigos.
A gente costuma trocar de carro de tempos em tempos, porque uma máquina dessas muito rodada passa a dar despesa de manutenção e se essa manutenção não for bem feita vai deixar o proprietário na mão, melhor, a pé.
Não é difícil encontrar pessoas que reclamam muito de um objeto novo que não atende ao prometido e o que é pior, não é confiável, deixando a pessoa na mão tanto como se fosse alguma coisa bem velha e sem manutenção.
Gente não traz impresso manual de operações, de funcionamento ou certificado de garantia.
É comum casamentos desfeitos em poucos meses, namoros prolongados que terminam do nada e amizades que depois de anos e anos a fio se mostram desgastadas ou porque na verdade nunca foram amizades de verdade.
Nãos e preocupe demais com o novo enquanto o velho for confiável. Mais vale um relógio velho que não atrasa, um carro antigo que não quebra e um namorado velho do que um novo com ejaculação precoce...
Eu vou bem até a metade do texto, invariavelmente no fim eu descambo. Como escritor, sou pouco confiável.

Marinho Guzman

A vida na internet.

É da diversidade de opiniões encontradas na internet, especialmente no Facebook, que a gente vê porque as coisas estão fáceis e tão difíceis de acontecer.
Não quero generalizar nem achar que todas as opiniões estão claras, ou que de qualquer forma sejam a expressão única da verdade, mas dá para desconfiar quanto é difícil encontrar percepção da realidade, nesse mundo simplista de viver só o dia de hoje, um dia de cada vez, e outras frases feitas que empurram a responsabilidade cada vez mais para o futuro e se possível para os outros.

Mas não se deve duvidar que esse é um termômetro da classe média, gente que sabe ou deveria saber expressar o que sente.
Interessante observar nas postagens dos mais jovens aquilo que nós já pensamos, sentimos e fizemos um dia. Com nossos erros e acertos poderíamos dar alguns conselhos, se eles pudessem ser entendidos e fossem aceitos.
Desde que o sonho não se torne um pesadelo é muito bom sonhar.
O sonho de se tornar princesa não é mais a prioridade das garotas. Ainda que a mídia maciçamente mostre as vantagens de ser bonito, rico, instruído e...morar em um palácio, as garotas de hoje já perceberam que é melhor ter um plebeu qualquer na mão do que um príncipe nos sonhos.
As garotas de hoje tem sonhos mais modestos e modernos. Sonham com rapazes com cara e corpo de príncipes, ainda que o cabelo não ajude, o veículo não seja um Rolls Royce ou um Aston Martin conversível e o dinheiro disponível para um programa só dê para ima pizza média...
Os garotos de hoje não sonham com princesas cobertas de roupas de grife. Aliás, hoje quanto menos roupa melhor.
Antes mesmo de chegar aos trinta anos, as garotas começam a perceber que a se os príncipes existem, no mundo delas são ainda girinos. Com essa idade elas já se preocupam muito em trabalhar e ganhar o seu próprio dinheiro, porque já perceberam que o que começou com “rachar a conta” vai terminar com “salve-se quem puder”.
Os garotos mais assentados têm namoradas firmes ou já casaram.Os de trinta anos não querem nada com a vida de casados. Continuam a se divertir com a grande quantidade das erradas disponíveis, sem se preocupar com o encontro final da certa.
Os de quarenta anos ou mais são inadequados, inapropriados, desqualificados ou desdentados e nem pensam em dividir uma casa, quando podem dividir só a cama.
Longo, esse assunto não se esgotará jamais.
Ainda bem, senão, o que eu faria nessas noites vagando pela intenet e perambulando pelos escritos alheios?

Marinho Guzman

Sempre me perguntei, por onde andariam as mulheres que passaram pelas nossas vidas?

O tal do Facebook veio e mostrou!

O tempo passou e mesmo os grandes amores acabaram.
Das rápidas aventuras a gente lembra a adrenalina, combustível insubstituível na juventude.
Alguns encontros e desencontros a gente esqueceu como se nunca houvessem existido e para as bebedeiras vale a famosa frase:- Se eu não lembro não fiz. Muitos e muitas preferirão não lembrar de ter acordado num lugar estranho, numa cama estranha, com alguém estranho.

E agora vem esse tal de Facebook e mostra!

E a gente reencontra algumas mulheres com quem saímos, namoramos ou ficamos, como diriam os mais novos.
Não sei se é nostalgia mas pode haver algum carinho e inevitáveis decepções.
Afinal aventura, amor e paixão se confundem, porque não poderíamos nos confundir ?
Algumas arestas parecem ter sido aparadas pelo tempo e pela memória e os grandes dramas não passam de páginas viradas, de um romance onde o mocinho e mocinha não ficaram juntos no final.

E agora o Facebook e mostra...

Ah... os grandes amores...esses jamais serão esquecidos, muitas arestas não foram nem serão aparadas, mas a memória deu uma folga, lapsos de esquecimento que teimam, de tempos em tempos, mostrar que o tempo cura mas deixa cicatrizes

E agora vem esse tal de Facebook e escancara!

O impensável acontece. A possibilidade de ver como o outro vive, aquele que poderia ter sido o marido ou mulher, com quem poderíamos estar vivendo.Teria sido igual ou diferente?
Álbuns, fotos, amigos, curtidas e compartilhamentos.Você pode xeretar à vontade,anonimamente ou pedir amizade a quem um dia chamou de amor e ela pode educadamente dar, ignorá-lo, ou solenemente bloqueá-lo.
E você pode sentir ainda uma ponta de inveja ou um pouco de pena, regozijar-se das vitórias do outro ou sentir que a pessoa merecia melhor destino, ou simplesmente observar e imaginar como será observado.
E isso tudo no plano da imaginação, porque a realidade é uma só, a vida seguiu seu curso e dificilmente haverá uma segunda chance para aquele primeiro sentimento, e isso, o tal do Facebook não mostra.

Marinho Guzman

Por onde andará a Evely O.?

Outro dia eu escrevi:- Por onde andará a Dora G. ?
Não achei a Dora G. , mas o Luis A.P. leu e relembrou da Evely.
Eu e o Luis tivemos algumas coisas em comum. Lembro-me das motos 750cc, do Dodge Charger e da Evely.
É possível que na época eu tivesse uma ponta de inveja dele. Nunca fomos amigos de andar juntos e pior, a Evely me trocou por ele.
Com vantagem, diga-se de passagem, pois ele era mais bonito, mais rico, corredor de ponta da já famosa Stock Car.
Um verdadeiro gentleman que não bebia. Já eu... tomava tooodaaasss!!!
Ele andava mais em Interlagos e eu na Rua Augusta, que era a minha pista preferida. Nela, por um tempo, com fama de fotógrafo badalado fui quase sempre pole position.
Eu e o Luis nos reencontramos faz algum tempo, ambos com mais trinta e tantos anos nas costas, certos agora, de que motos, autos velozes e mulheres bonitas não são propriedade de ninguém, a gente tem a posse, mas tem que trocar de vez em quando, porque as especificações técnicas e as linhas aerodinâmicas o exigem.
Evely foi uma das minhas grandes paixões. Ela tinha 14 ou 15 e eu 24, eu estava no último ano de Direito no Mackenzie e poderia ser considerado um “partidão”.
Lindíssima e muito precoce, a Evely não queria perder nada da vida e a sua mãe, colocava toda a experiência própria a serviço do charme nato, avassalador e hipnotizante que a garota tinha.
Podíamos quase tudo, desde que ao alcance das garras da jararaca.
Mas nós queríamos mais e uma vez resolvemos passar uns dias sozinhos no Rio de Janeiro.
Loucura! Loucura! Loucura! diria o Luciano Hulk. Foi mesmo.
Tudo começou com a invenção de uma história. Seria uma excursão do Mackenzie, iríamos de ônibus, supervisionados etc. e tal.
Não me lembro bem, mas acho que não convenceria ninguém nos dias de hoje. Aliás, nos dias de hoje nem seria necessário .
Cheguei a tentar alugar um ônibus para ir buscá-la em casa. Afinal, não foi preciso, bastou outra história mal contada e meu irmão mesmo foi buscá-la .
Não vou entrar em detalhes dessa, que foi uma das maiores e melhores aventuras da minha vida na época.
Eu tinha um carrão, o único Ford 500 Galaxie cor vermelho Ferrari com bancos duplos reclináveis etc.etc. etc. e ponha etceteras nisso. Viajamos e correu tudo muito bem, até que algum tempo depois a jararaca descobriu nossa aventura e queria, porque queria, que eu casasse.
Eu não estava preparado, como aliás nunca estive e acho que ninguém está realmente.
Já diziam os mais antigos. Casamento é loteria e eu nunca fui de jogar.
Deu polícia, quase deu cadeia, mas finalmente o bom senso prevaleceu e a mãe não querendo que o pai que morava na fazenda soubesse ,resolveu esquecer a queixa.
É nesse ponto que o Luis assumiu a ponta e levou a taça.
Daí para frente não sei o que aconteceu com a Evely O. e o Luis nunca me contou, quem sabe agora ele o faça.
Como nas corridas com revezamento, eu deixei a direção e ele pegou!

Marinho Guzman

   O encaminhamento é tudo na vida, nem que seja às vezes encaminhar um foda-se.

Marinho Guzman

Homens mais velhos não sofrem decepções de amor porque buscar amor depois de velho é sempre uma aventura.
Homens velhos não temem a rejeição a não ser nos transplantes.

Marinho Guzman
    Homens mais velhos não sofrem decepções de amor porque buscar amor depois de velho é sempre uma aventura.

Marinho Guzman

    Quem espera sempre alcança, se não apareceu um esperto que não esperou, abraçou e levou.

Marinho Guzman
   
E o que temos para hoje?

Carnaval!

Para alguns, a desculpa esfarrapada para encher a cara, se vestir de mulher, e colocar a fantasia de palhaço que não deveriam tirar nunca.
Os mal-educados têm hoje o grande dia ou alguns dias para gritar pelas ruas, colocar o som altíssimo e destilar o ódio que sentem pela sua insignificância.
Os vagabundos, alguns dias a mais para receber sem trabalhar e emendar os dias em que fazem mal as coisas com dias que nem isso fazem.
O Brasil deveria repensar esse feriado. Não há o que festejar sendo o primeiro em quase tudo de ruim que existe a começar pelo analfabetismo de adultos, a mortalidade infantil e as taxas de violência encabeçadas pelo maior número de mortos pela violência antes dos trinta anos.

Brasil, esconde a tua cara!

Marinho Guzman
   
Sou favorável à pena de morte! Aliás, pena que é só morte!

Marinho Guzman

Carro importado, motocicleta de grande cilindrada e mulher bonita, todo mundo sabe quem foi o primeiro dono, quem caiu e quem comeu...

Marinho Guzman

Uma mão lava a outra e as duas escondem a cara.

País da impunidade, terra do futebol, celeiro do mundo. O melhor dentre os piores.
Em algum momento o lema Ordem e Progresso se perdeu na multidão de corruptos que aproveitam a ignorância do povo e aprovam com maciça votação ex jogadores de futebol, palhaços e bandidos de várias especialidades para legislar e administrar a coisa pública.
Isso todo mundo sabe, todo mundo vê.
Alguns lavam as próprias mãos e outros se escondem em conluio, porque ainda não chegou a vez de pagar com a própria vida ou com seu patrimônio o esse descaso.
O que fazer? É uma minoria que pergunta e não há outra resposta que não cada um fazer a sua parte esperando que se realize a máxima, a que Deus seria brasileiro.

Marinho Guzman

Ao avaliar cada coisa, não esqueça que depois do banho, a mesma toalha que seca a sua bunda seu rosto...

Marinho Guzman

Diz-me com quem andas e eu te direi o que as pessoas pensam de você.

Certa ou errada, a primeira impressão vale muito e é bem possível que se você estiver com a pessoa errada, não vai conseguir desfazer essa impressão e muito menos atingir um objetivo que dependa de uma rápida avaliação.
Quem não causa uma primeira boa impressão dificilmente tem oportunidade de desfazê-la ou ter uma chance de causar uma segunda boa impressão.

Marinho Guzman

Vida.

Ninguém imagina que viver seja uma coisa simples.
A gente nasce, cresce, aprende, apanha, vive na maioria das vezes a vida que escolheu e morre.
E por muitos e muitos anos a princípio, a gente pensa que o mundo é nosso, que somos parte muito importante do universo, que o presente é resultado de um passado remoto que nos levará a um futuro longínquo.
E de repente a gente percebe que apesar de estarmos parcialmente certos, em poucos anos seremos apenas lembranças.
E as lembranças, assim como a própria existência têm vida curta.
Poucos lembram os bisavós, dos tataravós só se ouviu falar. Há sempre uma lembrança carinhosa dos avós e quando a gente perde os pais, um irmão ou alguém mais próximo, a lembrança dói no começo,para deixar apenas um lugarzinho depois de algum tempo,onde os nossos próprios problemas teimam em ocupar todo o lugar.
Viver não é uma coisa simples e uma das poucas coisas que você pode e deve fazer, é força para não complicar.

Marinho Guzman

Valentine day, o culpado é o Cupido...

Dor de tornozelo...
Não sei porque a dúvida, a surpresa, a curiosidade.
Quando alguém fala de dor de cotovelo todo mundo sabe do que se trata.
Dor de corno, nem me fale, o amor tem falta de razões que qualquer coração conhece.
Dor de tornozelo...
Que atire a primeira pedra, ou pise nela, quem nunca sofreu por amor.

Marinho Guzman















Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI