CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO
Top Model Guarujá fotos de Marinho Guzman

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

35-681 - 700 do total de 1158 pensamentos na coleção de marinho guzman



As lembranças são como as mulheres, a gente não as escolhe, elas é que escolhem a gente...

Marinho Guzman
   
Quem nasceu chinelo só anda de salto alto quando acha o sapato no lixo...

Marinho Guzman

Há muitas maneiras de escrever.

Mas não é possível escrever antes de ter lido muito a respeito do assunto.Às vezes seus dedos parecem não conseguir acompanhar o pensamento e o texto sai rápido, claro, explícito.
Outras vezes você tem aquilo que parece e pode ser uma boa ideia mas as palavras demoram a surgir e é preciso refletir a cada toque.
Todo texto tem que ser lido várias vezes para ser o que você realmente quer dizer.
Ao escrever você fala com você mesmo e quando resolve publicar fala para uma uma plateia que concorde ou não com as suas ideias pode gostar da forma como ela foi colocada.
Escrever é um dos raros prazeres que não custa nada mas depende muito do investimento que você fez anteriormente.

Marinho Guzman
   
Quem não tem passado não terá futuro.

Virtuosos tardios são aves raras.
Quase sempre os grandes talentos e os vencedores aparecem nos tenros anos como crianças precoces, jovens formadores de opinião, adultos empreendedores e velhos surpreendentemente ativos e profícuos.
Analisar o currículo de qualquer pessoa é fundamental para uma boa escolha.
A ficha suja não é o único sinalizador de que o indivíduo não serve para administrar o seu dinheiro que está em mãos públicas.
Também não se fie na opinião de qualquer ignorante.
O voto consciente continua a prejudicar menos do que o dos ignorantes. São eles que dependem mais do poder público, são eles que sofrem mais com as péssimas escolhas.
Os filhos serão o que os pais querem que eles sejam e as administrações serão retrato da sua falta de participação nos rumos políticos da comunidade.
Vamos acabar com os políticos corruptos. Não vote nos ladrões conhecidos. Vote no novo para o bem do povo!

Marinho Guzman

Viver ou conviver com as diferenças é diferente de nivelar seus anseios por baixo.

Virou moda apregoar que devemos aprender a conviver com as diferenças.
Muitos confundem a obrigação absoluta e verdadeira de não ser racista, ou em aceitar a pobreza como realidade e não como fatalidade e tentam impingir, em quem evoluiu, a obrigação de viver na ignorância e conviver harmonicamente com os mal educados.
Classes sociais não são uma invenção dos ricos nem uma obrigação de submissão dos pobres. Assim como se classifica a escolha de um profissional da saúde para integrar os quadros de um hospital, pela capacidade em entender os problemas e e atender aos pacientes, a classificação social serve para estudar o grau de evolução de uma região, de um povo e da humanidade.
A expressão “ave de pena rara voa junto” não significa que a gente escolhe com quem vai andar porque se veste da mesma forma. Só voam juntas aves da mesma espécie, que migram para um mesmo lugar porque têm os mesmos anseios, envergadura e capacidade de voo para alcançar o seu destino.
Vejo com preocupação a reserva de quotas para negros, índios e outras minorias, numa tentativa honesta de levar e elevar, mais e mais gente dessas raças a um bom patamar de cultura e educação.
Ao mesmo tempo, vejo que estão prejudicando quem não faz parte das minorias, prejudicados na igualdade de condições entre todos os indivíduos em busca de um ideal.
É inaceitável tentar obrigar quem já evoluiu a regredir para fazer parte de uma maioria ignara, em nome da convivência harmoniosa.
Isso não tem nada de inteligente, de louvável, nem é fantástico.

Marinho Guzman

   Viver bem tem muito a ver com observar as pessoas que nos cercam.

E esse contato é tão abrangente quanto as atividades diárias que fazemos.
Quem estuda, trabalha, frequenta um clube, uma academia e até mesmo uma balada, tem mais chance de conhecer pessoas e observar como elas agem.
Nessa tônica, eu diria que observar as pessoas no Facebook pode ser tão ou mais abrangente do que o contato pessoal por gente como eu que já estudou na escola o que tinha que ser estudado, trabalha nesse mercadão que é a internet e com uma horinha de academia todos os dias às sete da manhã, não dá para dizer que faz as sociais. No máximo meia hora de esteira e outra meia hora de alongamento.
No Facebook a gente aprende vendo como algumas as pessoas fazem, não fazendo como muitas pessoas fazem e muitos depoimento das pessoas que estão colhendo o que plantaram.
Ainda dá tempo de colher bons frutos, então, comece a plantar.

Marinho Guzman
 
Acostumar-se com o sofrível parece a única opção para quem não pode ou não sabe fazer coisas bem-feitas.

Marinho Guzman
   
Modismo...
Acostumar-se com o sofrível parece a única opção para quem não pode ou não sabe fazer coisas bem-feitas.
Escrevo a propósito das fotos feitas com os celulares e modificadas pelo instagram e outros aplicativos, que transformam os defeitos da imagem nas fotos que a garotada posta mostrando a língua, o dedo do meio e a pouca educação que insistem em mostrar.
Assim como o povo foi acostumado pela mídia a comer mal no Mc Donalds, os jovens estão se acostumando a cultuar fotos sem foco, sem iluminação e com pouca ou nenhuma criatividade.
Se você colocar cem fotos dessas uma ao lado da outra, vai ter grande dificuldade em saber quantas pessoas diferentes estão retratadas.
Não por acaso muitas dessas pessoas escrevem mal, não sabem a tabuada nem vão ler esse texto porque exige algum esforço de entendimento.
Estar na moda dessa maneira vai criar uma legião de incompetentes uniformes e modernos.

Marinho Guzman


Eu fui, eu sou, eu serei.

De vez em quando tenho a impressão de que o passado foi e o futuro poderá ser melhor que o presente.
Talvez seja porque nos lembremos só das coisas boas do passado e imaginemos um futuro feliz, sem magoa, sem os corriqueiros problemas do dia a dia.
Mas o presente é o que temos agora, deixemos o passado com as boas lembranças e vamos viver bem o presente como preparação para um excelente futuro.

A hora é agora!Bom dia!

De vez em quando tenho a impressão de que o passado foi e o futuro poderá ser melhor que o presente.
Talvez seja porque nos lembremos só das coisas boas do passado e imaginemos um futuro feliz, sem magoa, sem os corriqueiros problemas do dia a dia.
Mas o presente é o que temos agora, deixemos o passado com as boas lembranças e vamos viver bem o presente como preparação para um excelente futuro.

A hora é agora! Bom dia!

Marinho Guzman

A ORLA DA PRAIA É A SALA DE VISITAS DO GUARUJÁ.

Antero de Figueiredo, escritor português do século XX é o autor da frase: “A casa é o retrato do seu dono”.

Nossa cidade é a nossa casa e a orla das nossas praias a nossa sala de visitas.
É por causa das praias que Guarujá tem milhares de prédios e casas de construção sólida e bom padrão que abrigam moradores, veranistas e turistas que pagando seus impostos dão à cidade um orçamento próximo dos 700 milhões de reais.
Nossos governantes parecem ignorar esse e outros fatos que são importantes demais para serem esquecidos ou ignorados.
Problemas como a falta de banheiros públicos, o descaso com os postos de salvamento, a falta de conservação das áreas publicas e a permissividade com que doam parte das praias e das calçadas para qualquer um, cujo critério único é o apoio político está acabando com a cidade, a nossa casa e especialmente a sala de visitas na qual recebemos os que pagam as contas da cidade.
A verdade é uma só. Os proprietários dos imóveis pagam o IPTU e não recebem nada em troca desses pagamentos a não ser o descaso com seu patrimônio que desvaloriza a cada ano fazendo com que um imóvel do mesmo padrão custe em Bertioga em Santos e em outras praias o dobro, o triplo e até mais do que aqui no Guarujá.
Outra coisa que está acabando com o centro de Guarujá é a concessão de alvará de funcionamento para estabelecimentos comerciais sem o menor critério.
Como é possível admitir os Supermercados do Pão de Açúcar na Rua Mário Ribeiro sem estacionamento e usando os recuos obrigatórios como cozinhas irregulares?
Não é preciso explicar muito para que todos vejamos o que está ocorrendo no centro do Guarujá quando mendigos tomam conta das ruas fazendo suas necessidades fisiológicas na porta dos prédios de apartamentos que já valeram um milhão de dólares e que hoje não tem compradores.
Não é possível discutir soluções para os problemas sociais nas avenidas das praias e ruas próximas.
Em que pese sabermos as dificuldades, permitir que esses sem teto permaneçam nessa situação na avenida da praia em nada vai ajudar a resolver os seus próprios problemas.
Os frequentadores do Guarujá, proprietários de imóveis estão abandonando a cidade e vendendo-os por valores muito menores do que os que estão em construção.
Breve, em menos de dois anos estarão prontos mais de 2000 apartamentos nas praias das Astúrias, Pitangueiras e Enseada.
Informações das imobiliárias dão conta de que já existem muitas revendas disponíveis sem mesmo terem sido vendidas todas as unidades nos prédios em construção.
O que significa isso? Significa que a oferta será muito maior do que a procura e que os imóveis mais antigos ficarão ainda mais desvalorizados e difíceis de serem vendidos e que o valor venal hoje expresso nos carnes do IPTU, que servem como base para o lançamento do imposto certamente superará e muito o valor alcançado pelo imóvel.
Isso sem contar que o valor do IPTU do Guarujá continua sendo um dos maiores do Brasil com o agravante de nada oferecer aos proprietários a não ser o desgosto de ver as praias poluídas por barracas, ambulantes, bicicletas e toda sorte de companhia desagradável.
Certamente os nossos políticos não se importam com isso.
Como já disse alguém, a gente consegue tirar o indivíduo de dentro da favela mas não consegue tirar a favela de dentro do indivíduo.

Você consegue tirar os indivíduos da favela. Mas não consegue tirar a favela de dentro de alguns indivíduos. (Ditado popular)

Marinho Guzman

Espelho...espelho meu...

Todo mundo se olha no espelho, até eu.
Não há como sair de casa sem escovar os dentes, pentear os cabelos, fazer a barba e outras atividades para as quais a gente precisa do espelho para não fazer burrada, cortar um pedaço do nariz ou sair como certas mulheres, parecendo verdadeiros palhaços.
Imagine uma mulher fazendo a maquiagem nos olhos sem a ajuda de um espelho ?!?...
Mas todo espelho deveria ter um “espelhômetro” ou algo que medisse automáticamente quanto tempo as pessoas passam observando a própria imagem e isso pudesse ser acessado por qualquer um pela internet, para ser fácil e moderno.
Eu iria fazer uma visitinha nas marcações de algumas pessoas, para ver quanto tempo gastam cuidando da imagem física e deixando de lado os plurais, as concordâncias verbais, a correta construção das frases ou planejando como vão usar bem o tempo que terão de vida olhando menos para si e para dentro e mais para fora e para longe.
Como na própria estória da Branca de Neve, de onde tirei o título, chegará o dia em que será inevitável uma resposta desfavorável à pergunta...

Espelho...espelho meu. Há no mundo alguém mais bela do que eu?

Marinho Guzman
   
Os ignorantes são mais felizes...
Ou pelo menos eles acham.

Marinho Guzman
   
A amizade dos homens e das mulheres.

Desconfie dos homens que não tem amigos, das mulheres que tem muitas amigas e dos amigos da sua mulher.
O homem que só tem amigos antigos pode ter se tornado tão chato que não consiga fazer novas amizades.
O homem que só tem amizades novas pode ter sido pouco amigo e não conseguiu manter os velhos.
A mulher que não tem amigas pode ser tão inteligente que percebeu que é melhor ter conhecidas do que ter amigas que quando se encontram não deixam de falar mal de uma terceira.
A amizade de um homem e uma mulher quase sempre termina na cama do homem, na cama da mulher ou na cama da melhor amiga ou amigo deles.

Marinho Guzman

De grão em grão, qualquer coisa enche o saco.

Marinho Guzman
   

Podem ter existido pequenos problemas no projeto do ser humano.
Todo mundo quer ter orelhas, pés e nariz pequenos, bunda, peitos e pau grande...

Marinho Guzman
  

Para ser feliz algumas pessoas precisam o suficiente, outras não vivem sem o supérfluo. Ambos podem estar certos, mas algumas seguem mais leves.

Marinho Guzman
   
Textos longos podem ser inteligentes, mas chamam menos atenção do que a Sabrina Sato coberta por um lençol.

Marinho Guzman

Quem perde muito tempo procurando a resposta certa, acaba ficando sem tempo para achar um final feliz. E isso é o que importa.

Marinho Guzman

Só sei que nada sou.

Tímida, a humildade tem valores que a soberba jamais alcançará.
Ao observar a vida, a gente percebe que os verdadeiramente grandes aceitam o seu lugar sem a busca desenfreada pelo sucesso que tem por merecimento e não será efêmero.
É melhor ser importante para poucos e bons, do que ser falso ídolo das multidões.
Quem idolatra um grande idiota, rápida e facilmente conseguirá igualar-se a ele nos seus piores defeitos.
O ostracismo dos falsos ídolos pode ser o verdadeiro sucesso da verdade.

Marinho Guzman

    Celulares caros transformam jovens menos preparados em delinquentes. Eles começam com um pequeno furto e a impunidade cria a falsa impressão de que quem não tem, pode se apropriar das coisas dos outros.

Faz uns dois meses uma cliente esqueceu seu celular caro, no provador da nossa loja e minutos depois voltou para buscar.
A garota que a atendia fingiu procurá-lo mas na verdade escondeu-o nas próprias roupas, dizendo à cliente que não o havia encontrado.
Inconformada e inconsolável a cliente reclamou com a gerente e disse que iria imediatamente à delegacia fazer um boletim de ocorrência, mas que deixaria um número de telefone para ser avisada caso o aparelho fosse encontrado.
Nesse meio tempo eu cheguei na loja e a funcionária sobressaltada me perguntou:- O que vai acontecer quando a cliente for à delegacia? E eu lhe disse que seria feito um registro do ocorrido, não havendo, aparentemente, responsabilidade da loja uma vez que ela poderia ter esquecido em outro lugar.
A funcionária saiu para o almoço e foi encontrar com o namorado no Mc.Donalds. Depois de um tempo me ligou em prantos dizendo que estava arrependida, que não sabia o que havia ocorrido, mas que de fato ela havia furtado o celular, disse que estava com muita vergonha, arrependida e desesperada por não saber o que lhe aconteceria.
Pensei por alguns segundos e a única coisa que me veio á mente foi o arrependimento eficaz. Se ela devolvesse o celular a gerente ligaria à cliente, entregaria o celular e não haveria maior dano.
Quanto à funcionária, de imediato não me ocorreu que ela pudesse ter devolvido em razão das câmeras instaladas na loja, pela possibilidade de haver um GPS no celular, só pensei no dano que o fato poderia causar a uma garota de dezessete anos por um deslize momentâneo para ter o objeto do desejo da maioria dos jovens, um I Phone.
De fato a gerente telefonou á cliente e devolveu o telefone.
A funcionária envergonhada me pediu um dia de folga para não ter que enfrentar as colegas que ficaram sabendo do caso e eu expliquei a todas que não deveriam tocar no assunto por caridade a alguém que havia errado mas arrependeu-se.
Hoje quem está arrependido sou eu. O contrato da funcionária que era de noventa dias nem havia terminado e ela já havia procurado um advogado para entrar com uma ação, cujos termos não vou repetir para não deixar vocês com raiva, mas é bom que todos saibam que a estória vai cair por terra com as provas cabais de postagens no Facebook,mensagens no Instagram e wathsapp, imagens de câmeras instaladas na loja e fotos, muitas fotos,claro, a minha especialidade.

Marinho Guzman






Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI