CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO
Top Model Kaká Ramos

sábado, 4 de janeiro de 2020

61 - 80 do total de 1154 pensamentos na coleção de marinho guzman



Sou daqueles que defendem irrestritamente o direito de manifestação.
Aliás é daí que a gente vai tirando umas conclusões a respeito dos “amigos”.
Para começar, não é privilégio dos jovens serem despreparados, mal informados e por isso mesmo tomarem péssimas decisões. Chego a acreditar que pode ter até mais velho decrépito do que jovem mal informado.
Também não sou homofóbico a ponto de não aceitar essa confusão geral de quem é homem, quem é mulher, quem gosta disso ou daquilo. Afinal, o que vale é gozar e não posso opinar pela opção dos que gostam de levar no cu ou sei lá quantas outras variações existem, já que no meu tempo a mais procurada era mesmo o “papai e mamãe”
Também acho que todas as etnias devem ser respeitadas e ser negro, amarelo ou indígena, não diminui ninguém, mas também não aumenta qualquer dos seus direitos a ponto de serem concedidas as tais das cotas raciais, que no final acabam prejudicando a grande maioria que luta para vencer pela meritocracia.
Você, meu amigo e minha amiga aqui do Facebook, não se engane
quando eu me calo e não discuto posições políticas, eu só não estou querendo polêmica, mas eu sei, que se você apoia ladrões e corruptos por ideologia, eu não poderei contar com você para algumas relações de amizade e confiança e acho que você tem todo o direito de pensar o mesmo de mim.
Afinal, eu resolvi que é preciso mudar ainda que isso não garanta acerto ou sucesso.

Melhor assim!

Sou Bolsonaro 17 para Presidente do Brasil.

Marinho Guzman
Não se engane, a maioria está com Bolsonaro mas num eventual segundo turno seriam todos os demais contra ele?
Acho que não! No Brasil não há uma cultura de votar no partido e sim no indivíduo.
Será que Ciro ou Haddad tem uma proposta melhor do que a de Bolsonaro?
Bem… a do Haddad a gente já sabe, é manter a administração do PT mais uns anos, soltar o Lula e acabar com a Lava Jato.
O Ciro não tem proposta….acha que vai governar o Brasil como fez no Ceará às custas dos votos comprados dos miseráveis que estão abaixo da linha da pobreza.
A proposta do Bolsonaro todo mundo sabe. Acabar com a violência partindo de tratar o preso o que ele é, um criminoso, acabar com a mordomia dos artistas beneficiários da Lei Rouanet, acabar com a nomeação de Ministros que transformam as estatais em captação de propinas e o principal, dar educação a quem não tem porque educação é habilitação para o emprego, distância do crime.
Você me perguntaria, será que ele vai conseguir? E eu responderia:- Não sei, mas sei que muita gente ruim iria sofrer algumas consequências…
E isso é bom ou ruim? Bem ruim para quem não presta, disso eu tenho certeza.

Marinho Guzman
  
Não existe pecado nos pequenos prazeres que nos lembram a curta e inexorável existência.

Marinho Guzman
Loosers…(perdedores).

Tem gente que nasceu para perder, ainda que consiga breves conquistas.

E tem gente que conquista o sucesso, ainda que o recalque e os defeitos de personalidade de quem as cerca, possam momentaneamente trazer alguns aborrecimentos.
Não dê nenhuma importância às intrigas porque a verdade, ainda que real, verdadeira, e ligeiramente dolorosa, vai levar você a um patamar superior
com o aprendizado, enquanto os chantagistas de qualquer natureza, vão se afundar nas próximas decepções, intrigas e perdas.
Tem gente que não aceita que a fila anda e tenta de todas as maneiras recuperar o irrecuperável.

Marinho Guzman

Marinho Guzman

Tem gente que se vangloria de distribuir pequenas, médias e grandes maldades.
Invejosos e complexados são os principais maledicentes que inventam boatos e mentiras, atingindo pessoas de boa fé.
Com a idade a gente vai ficando prevenido com esse tipo de gente, mas única maneira de se safar dos ruins é permanecer longe dos seus olhos.
Dizem que o mal que aqui se faz, aqui se paga.
Não espere tanto. Afaste-se das pessoas ruins.

Tenha certeza que maior castigo delas é serem como elas são.

Marinho Guzman
.

Marinho Guzman
Seja bom, sempre bom, porque sendo bom será amado e sendo amado será feliz.

Marinho Guzman
Não acredito em sorte...isso pode dar azar.

Marinho Guzman
Facebook, o passado diante dos nossos olhos.

Às vezes me pergunto por onde andariam as mulheres que passaram pela minha vida.
O tempo passou e até mesmo o que eu achava que poderia ter sido um grande amor, definitivamente acabou.
Das rápidas aventuras a gente pode lembrar a adrenalina, combustível insubstituível na juventude. Alguns encontros e desencontros a gente esqueceu como se nunca houvessem existido e para as bebedeiras vale a famosa frase:
– Se eu não lembro não fiz!
Muitos e muitas preferirão não lembrar de ter acordado num lugar estranho, numa cama estranha, com alguém muito estranho.
No Facebook a gente reencontra algumas mulheres que desejamos, conhecemos, namoramos ou “ficamos”, como diriam os mais novos.
Não sei se é nostalgia mas pode haver algum carinho nesses encontros e lembranças virtuais, e inevitáveis decepções.
Afinal, aventura, amor e paixão se confundem, porque não poderíamos nos confundir?
Algumas desavenças foram minimizadas pelo tempo, pela memória ou pelos dois, e os grandes dramas hoje não passam mais do que páginas viradas, capítulos encerrados, de um romance onde o mocinho e mocinha não acabaram juntos.
Os grandes amores terminaram mas jamais serão completamente esquecidos e muitas arestas não foram nem serão aparadas, pois a memória, que deu uma trégua, tem lapsos de lembranças que teimam em mostrar que o tempo pode curar, mas também deixam cicatrizes.
Temos a possibilidade de ver como o outro vive, aquele que poderia ter sido o marido ou mulher, com quem poderíamos estar vivendo. Teria sido igual ou diferente?
Álbuns, fotos, amigos, curtidas e compartilhamentos.
Você pode xeretar à vontade, anonimamente ou pedir amizade a quem um dia chamou de amor e ela pode educadamente dar, ignorá-lo, ou solenemente bloqueá-lo.
E você também pode sentir uma ponta de inveja ou um pouco de pena, regozijar-se das vitórias do outro, quiça sentir que a pessoa merecia melhor destino, ou simplesmente imaginar como, por sua vez, será observado.
E isso tudo no plano da imaginação, porque a realidade é uma só, a vida seguiu seu curso e dificilmente haverá uma segunda chance para antigos sentimentos.
Mas isso nem o Facebook, nem ninguém pode garantir.

Marinho Guzman
Correu sangue de puta ninguém segura




Antes de escrever uma crônica ou qualquer coisa parecida, jogo no Google para ver o que pensam ou alguém pensa a respeito dessa minha ideia.
Como de outras vezes, a frase acima “correu sangue de puta ninguém segura” apareceu na minha cabeça do nada.
Quem dizia isso era meu falecido amigo Alemão.
Quem conheceu o Alemão sabe que ele era “o cara”.
Alto, forte, bonito, coração boníssimo, bem cafajeste, totalmente bronco e corno até o último fio de cabelo.
Ele nunca viria a ser careca.
Tinha paixão por mulheres bonitas, gostosas e de situação financeira melhor que a dele. Isso ampliava muito sua possibilidade de escolha pois ele sempre foi duríssimo.
Ivandro Pedro Ivanove, que Deus o tenha, morreu em 1975 ou 1976.
Devia ter uns 33 anos, portanto uns oito a mais que a maioria de nós que andávamos com ele.
Mais velho, mais experiente, mais duro, muito mais alto, bonito e forte, pegava as melhores garotas.
As mais bonitas, mais gostosas e mais vagabundas, que se dispunham a sair conosco em nossas velozes Hondas 750.
O alemão tinha uma sete galo como nós. A diferença é que a dele era mais velha, mais feia, muito mais suja, com pneus carecas e sempre sem gasolina.
A troco de um almoço e um tanque cheio o Alemão fazia grande sucesso com as garotas mais bonitas, mais gostosas, mais burras e muito mais vagabundas, que não titubeavam em pegar grana dos seus pais ou com seus namorados pra gastar com o Alemão.
Elas inclusive trocavam de namorado, mais do que o Alemão trocava de calça.
Sua calça de veludo liso, preta e boca de sino, muito na moda naquele tempo, tinha até um apelido “a espanhola” dizia ele. “Simpre la misma...”
O Alemão só tinha duas calças. Era a espanhola e uma calça de jeans desbotado pelas constantes lavagens á noite, para ser usada novamente no dia seguinte.
Invariavelmente ele a secava no ferro de passar.
Grande alto, forte, bonito carismático e corno. Esse era o falecido amigo Alemão.
Tão grande e forte que ninguém se aventurava a brigar com ele.
Nós amigos baixinhos, podíamos aprontar á vontade na rua e nas boates pois qualquer problema ele resolvia com um simples grito “qui qui é? vai encarar?
Ninguém encarava!
Poucas vezes vi o Alemão brigar. Ele resolvia quase tudo no grito. Ninguém queria encarar.
Voltando às garotas bonitas e gostosas, todas se apaixonavam pelo seu jeitão e todas o corneavam. Ele não ligava... parece que lhe servia o ditado que diz que “o homem sem chifres é um animal sem armas.”
Joguei a frase no Google “correu sangue de puta ninguém segura”. Nada!
Será que ninguém nunca escreveu nada a esse respeito?
Conheci centenas de garotas na minha vida, que pareciam ter sangue de puta. Bonitas, gostosas e pouco fiéis.
Quanto mais legal o namorado, mais chifre elas colocaram.
Bem, tá certo que chifre é uma coisa que elas colocam na nossa cabeça ou a gente mesmo coloca.
O certo é, que perto de mulheres bonitas e gostosas muitos chifres podem rolar.
Ninguém quer comer a gordinha feia e pobre da loja do lado. Já as gostosas que andam de calça branca justíssima, de biquíni no calçadão e vai de mini saia até na Igreja, têm grande “audiência”. Todo mundo quer comer uma gostosa seja ela ou não mulher de um “amigo”.
E já sabe, correu sangue de puta ninguém segura.
Nasceu para ser “vagaba” pode ter o amor e a segurança que qualquer homem vier a dar que ela também vai “dar”.
Meu amigo Alemão não ligava mesmo para ser corno. Seu ditado preferido era: - Gato com fome come até laranja.
O Alemão tinha um grande apetite por gostosas de todo o gênero e sabia...
Água morro abaixo, fogo morro acima e mulher quando quer dar, ninguém segura! Correu sangue de puta... ninguém...
Será que ninguém escreveu sobre isso para estar no Google???
Ôôô... lembrança boa essa do meu falecido amigo Alemão.

Marinho Guzman
   É pouco provável que o seu maior problema seja definitivo, irreversível ou catastrófico, portanto, "bola para frente!".

Marinho Guzman
Você caga-regras ou caga para as regras?

A palavra e o termo estão no dicionário e estou cagando para quem achar que é feio, de mau gosto e que eu poderia usar outra.
Aliás, estou cagando para qualquer um que tente impor de algum modo suas próprias regras para julgar as pessoas, principalmente a minha pessoa e as minhas regras.
A chatice está instalada nesse século de severas condutas morais e falta absoluta de moral da grande maioria.
Politicamente corretos, transexuais de qualquer ramo da bicharada, homofóbicos e racistas, minorias com privilégios de quotas estão na minha mesma lista.
Cada um que trace para a sua vida a sua própria conduta porque de qualquer maneira, sob a minha ótica que não será sob as minhas vistas as coisas vão terminar muito mal para a humanidade.

Marinho Guzman
Vida saudável….vida selvagem….

Todo dia eu vejo dezenas de especialistas sabichões recomendando vida saudável, bons hábitos alimentares, atividade física, vitaminas, sais minerais, cremes e outras tantas coisas que a gente sabe que fazem bem à saúde.
Longe de mim dizer que estão errados mas quem quer que tenha 69 anos e siga todas essas regras não vai ter muito tempo para viver com satisfação dos setenta aos sabe lá Deus quantos….
Talvez seja melhor quebrar algumas regras e aproveitar que já fizemos o possível para chegar até aqui com saúde e lembrar que muitas das antigas recomendações já foram desmentidas por absoluta falta de eficiência concreta.
Seja condescendente com você mesmo, porque os especialistas não são, mas nós não sabemos e ninguém garante que eles estejam seguindo à risca as regras que tentam impor?
Outro dia fui ao médico fazer os exames de rotina e ele veio com as recomendações de sempre ao que eu retruquei:
- Tudo isso eu já sei! Me diga algo que eu não sei.
Rimos juntos.

Marinho Guzman
   Aparentemente as pessoas podem ser muito parecidas.

Todas as garotas têm a beleza da juventude, nem muito feias nem tão bonitas, são quase iguais.

Todas têm quase as mesmas dúvidas a respeito da vida adulta que está apenas começando.
Para umas o cabelo precisaria ser assim ou assado, gostariam de ter a boca e os olhos da cantora ou atriz da vez, ser modelo famosa é sonho quase impossível da maioria.
Cochicham pelos cantos a vontade de uma prótese aqui ou acolá, tanto quanto com que roupa vão na festa hoje ou no cinema amanhã.
Para umas usar óculos é um problema mas o pior são as dúvidas com os sentimentos que parecem indecifráveis, insolúveis e insuperáveis.
Mas de vez em quando uma garota dessas chama a atenção e a gente começa a olhar detalhadamente para ela tanto para dentro quanto para fora e percebe que as diferenças são tão grandes como digitais.
Há uns quatro anos uma garota dessas apareceu aqui no estúdio com a vontade de tantas de ser modelo. Aos quatorze anos ela obviamente não era mais que uma garotinha cheia de vontade.
Não exatamente gordinha, mas as curvas não estavam nos lugares certos e o aparelho nos dentes alterava seu sorriso emoldurado por olhos bonitos como muitos, com um olhar único, doce e especial….
Com o passar do tempo percebi que ela era observadora e inteligente, fazia escolhas certas como aplicar-se na escola e buscar conhecimento na dança, na arte de desfilar e nas aulas de teatro que certamente permitiram que ela fosse muitas em uma só, nas milhares de fotos que tirou aqui comigo.
Essa é a Letícia, que faz hoje os tão esperados dezoito anos.
Mas essa história não termina aqui, ela começa aqui porque vou escrever nos próximos aniversários dela sobre os grandes sucessos que essa garotinha única certamente vai conquistar.

Marinho Guzman
A metade não pode odiar aquilo que a faz inteira.

Marinho Guzman
Se eu fosse acreditar no que faz bem ou faz mal para a saúde na internet morreria de fome e de sede.

Marinho Guzman
Petistas discutem o direito do Lula recorrer em liberdade. Ignoram que qualquer desses recursos não pode reverter a sentença?
É só uma questão de tempo para trancar definitivamente e sem recurso o criminoso já condenado na cadeia.Deixa o Lula apelar!!! O único lugar em que ele vai transitar é "em julgado" rssss...

Marinho Guzman
Posso pensar a respeito?

A maioria das opções não requer resposta imediata e pensar a respeito demonstra prudência.
Mas não há prudência que substitua a experiência e quando sua necessidade for prioridade, o melhor caminho é encarar os prós e os contras, optando rapidamente pela ação imediata.

Poucos erros não podem ser corrigidos

Marinho Guzman
Paraíso.
Ás vezes a gente se depara com uma dessas belezas estonteantes, corpos deslumbrantes, sexualidade que exala além dos poros até o terminal de cada fio de cabelo, tudo numa simplicidade rara, infantil, quase única.
O melhor de tudo é poder pode gozar isso sem se apaixonar por essas divas que podem se transformar em medusas, poder sentir tesão por um breve tempo, sem ter que passar pelo purgatório e jamais conhecer o inferno.

Marinho Guzman

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI