CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

domingo, 25 de maio de 2014

Profissões.


Uma das profissões mais difíceis do mundo é ser vendedor de carros usados.
Antes de vender carros, o cara já terá sido muito bom em vender os amigos, a família e se for bom mesmo, já vendeu a mãe e não entregou.
Para vender tem que dizer que é zerado, único dono, de médico ou de mulher.
Duas categorias já caíram em desuso, porque a maioria das mulheres é motorista da família e usa muito o carro e pra tudo, até para ir na padaria da esquina.
Carro de médico, já deve ter passado por plástica, ter feito transplante de peça importante, implante nos pneus carecas, safenado a mangueira do radiador e se fez de fato as revisões, foi em algum colega especialista, para economizar os honorários.
Ser político de profissão é muito mais difícil. Mistura de vários tipos de filhos da puta, de vendedor de carros, advogado, corretor de imóveis, com ênfase a juiz de futebol.
Político candidato é pior que mendigo. Pede dinheiro para todo mundo, promete qualquer coisa, exalta, enobrece ou exorciza, de acordo com a vontade de quem vai dar. Se enquanto é candidato é filho da puta, pior depois de eleito, porque não vai cumprir compromissos, não vai dar emprego para todos a quem prometeu. Trairá este ou aquele eleitor. Ou todos eles.
Uma das melhores profissões do mundo é ser jornalista, de preferência policial ou político, vide os analfabetos Marcelo Rezende e o pseudo moralista Dapena, que não acha pecado ganhar um milhão por mês explorando a miséria humana e quando fala bem de político de manhã, de tarde já está colocando o cara no inferno.
Esses caras não tem medir palavras para defender os inocentes ou para escrachar os culpados e quando são processados fazem tanto barulho, posando de inocentes, que acabam como vítimas.
Jornalistas metem a boca nos médicos chamando-os de máfia de branco, viajam para o exterior procurando o patrimônio escondido dos políticos, Os médicos que se cuidem porque são alvos preferidos, talvez com razão.
Jornalista escracha os venais, os corruptos, os bandidos e os advogados deles e não precisa ser nenhum ícone de moralidade porque para escrachar um jornalista desses, só outro jornalista e como todo mundo sabe, a maioria tem o rabo preso.
Jornalista bom mesmo é o especializado em marketing político. Assessora, aconselha, recomenda, arranca dinheiro do político e dos doadores de campanha para não caguetar.
Quando nada dá certo e o político perde a eleição, o que acontece com a maioria, óbvio, o marqueteiro diz que foi a rejeição e pronto.
Daqui a pouco tem outra eleição, outro espertalhão querendo uma boquinha na política e vamos que vamos porque para falar da profissão dos padres, bispos e dirigentes espirituais, vamos precisar uma crônica inteira.


Muito boa essa nossa profissão!

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI