CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Ele estava errado!




“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” 
―Abraham Lincoln


Dia após dia a gente lê nos jornais,os poucos que ainda existem e resistem, a denúncia de centenas de maracutaias feitas por políticos dos mais altos escalões da República e milhares prefeitos e vereadores, desses que pululam como vermes na carniça em todos os municípios do Brasil.
Escrachados eles são processados e alguns acreditam que poderiam ser punidos. 
Ledo engano, beneficiados pelos seus pares, por leis que têm mais furos que queijo suiço e por juízes igualmente corruptos, eles contrariam o ditado e provam:
No Brasil dá para enganar todos por todo tempo!

domingo, 19 de janeiro de 2014

Biquínis Atacado e varejo para economizar ou revender.Na nossa loja virtual www.biquinis.tv ou no show room do Guarujá Rua marechal Floriano peixoto 90 Morro do Maluf Telefone:13-3329-4344





















Botões.



A vida se tornou um inferno ou um paraíso de acordo com o número de botões que você tem e que precisa a cada momento.
Por exemplo, meu controle remoto do monitor de um dos computadores tem 48 botões.
O teclado de cada computador e laptop mais uns cem cada, a TV só tem cinco botões mas sem o controle remoto tem outros cinquenta e sem ele você não consegue nem mudar de canal.
Até que eu me adapte a um novo telefone celular, ainda que da mesma marca, lá se vão dias e meses... e pode ter certeza de que não sei para que serve e nem uso a maioria dos botões digitais, mas não ouso sair de casa sem ele.
No carro, cada vez que chove preciso ficar procurando a posição certa em que o botão do limpador de para brisas tem que ficar, para que não dispare loucamente, fique lento e intermitente e não limpe nada, ou ligue só o limpador do vidro de trás, deixando o da frente todo embaçado.
Na cozinha sou um Az... Asno, se é que me entendem, porque no máximo faço pipoca de micro-ondas e café expresso na minha genial cafeteira Arno Dolce Gusto, melhor presente que a minha amada Amanda poderia ter me dado. Ela tem só dois botões (a cafeteira, porque a Amanda tem mais rsss...) e o principal eu aprendi, depois de fazer café frio algumas vezes, tem que ser virado para o lado esquerdo.
Também ouso tomar água porque o filtro é de torneira e pegar cerveja sem álcool na geladeira porque não tem que apertar nada, é só puxar a porta e pronto.
Sei que o fogão tem vários botões cada um várias funções, desde aumentar e diminuir o fogo até a acender a chama mas não me arrisco a mexer nessa coisa perigosa.
Bem não vou me estender nas dezenas de outros aparelhos que eu tenho que por sua vez somam milhares de botões.
Ouço muito as pessoas falando que apertaram, vão apertar ou conhecem alguém que já apertou um tal de botão do foda-se.
Vou me informar melhor para ver se não é mais uma fria...


http://lucianoayan.com/2014/01/18/jornalistas-de-esquerda-do-sbt-em-sua-manifestacao-sem-vergonha-contra-rachel-sheherazade/

Eu gostaria muito de ter escrito isso e da maneira como foi...




Jornalistas de esquerda do SBT em sua manifestação sem-vergonha contra Rachel Sheherazade

06-4-2013-515e455cf1ca8
Fonte: Fabíola Reipert (citando um texto de Miguel Arcanjo Prado)
Os jornalistas do SBT comentam entre si que têm vergonha de trabalhar na mesma redação que Rachel Sheherazade.
O motivo é o tipo de pensamento que a apresentadora faz questão de exibir e que incomoda grande parte de seus colegas.
O jornalismo do SBT, que antes era considerado mais imparcial, está cada vez mais associado a um pensamento de direita, por conta da figura de Sheherazade.
Nesta semana, após a entrevista que ela deu a um jornal impresso na qual defendeu o deputado Feliciano e depois de seus comentários sobre a polêmica dos “rolezinhos”, a situação azedou de vez.
O problema é que ninguém na redação pode sequer pensar em tirá-la do cargo, já que a moça é protegida do patrão, Silvio Santos.
O jeito, para manter o emprego, é aguentá-la.
Meus comentários
Um dos conceitos mais importantes no estudo da mente esquerdista é orgulho da vergonha. Uma mistura de psicopatia ou histeria (deve-se escolher um dos dois itens para descrever cada indivíduo deste grupo), com a absoluta falta de noções básicas de ética e moral, tudo sustentando por um relativismo moral retinto, além de uma total falta de auto-crítica. Tudo resulta neste fenômeno comportamental: eles se orgulham de coisas das quais pessoas normais e sadias se envergonhariam.
Um amigo meu, dia desses, comentou ter sido extremamente injusto com um profissional, ao comentar com outros gerentes que “ele não tinha condições de ser líder”. Mas ele estava com informações incompletas. Disse, posteriormente, na reunião gerencial: “Eu pisei na bola ao dizer isso dele. O cara realmente manda bem, e eu estava com informações incompletas”. Em suma, ele se constrangeu pelo erro de avaliação, e disse isso em público. Mas, em outros casos, especialmente se alguém comete uma falha grave e não tem estrutura moral suficiente para reconhecer seu erro em público, também pode esconder sua falha, esperando que outros esqueçam. Em suma, seres humanos normais se envergonham daquilo que deviam se envergonhar, na ótica de uma sociedade civilizada, sob uma ética comumente compreensível a pessoas sadias.
Eu discordo de várias opiniões de Rachel. Eu sou um liberal, ela é uma conservadora. Ela é contra o aborto, e eu, como liberal, defendo o direito da mulher fazer o que quiser com o seu corpo, mesmo que isso vá contra o interesse de um feto que viva lá dentro. Mas, ainda assim, Rachel não tem do que envergonhar em suas opiniões. No caso de Feliciano, ela defende o direito dele opinar promovendo a família tradicional, o direito dele não ser cerceado ao emitir suas opiniões. No caso dos rolezinhos, ela basicamente defende o direito de pessoas comuns não serem incomodadas por baderneiros, e de pessoas que dependem de seu trabalho em shopping, como funcionários e comerciantes, não serem prejudicadas. Nessas duas questões, Rachel não tem motivo nenhum para se envergonhar. São opiniões até comuns, que representam a maioria da população moralmente sadia.
Digo que quem é de direita deve se orgulhar de suas opiniões. Mas essas questões são tão óbvias que seria até um excesso dizer “eu me orgulho de defender a liberdade” ou “eu me orgulho de defender a propriedade”. Eu digo: “não fez nada mais que a obrigação moral”.
Em contrapartida, os esquerdistas tem motivos de sobra para se envergonharem. Eles dizem taxativamente coisas como “Quem dá opinião a favor da família tradicional, deve ser silenciado” e “Quem frequenta um shopping ou trabalha nele não pode ser protegido de vândalos”. Esse tipo de opinião deveria causar muito mais vergonha e constrangimento do que o erro de avaliação do líder cometido pelo gerente, no exemplo que trouxe aqui.
Quer dizer, eles deveriam ter vergonha não das opiniões de Rachel, mas de suas próprias opiniões. Sob qualquer avaliação moral, eles deveriam pedir desculpas em público por defenderem ideias promovendo vandalismo e censura. Mas, se eles não possuem estrutura moral suficiente para pedirem desculpas por suas ideias, deviam, no mínimo, pedir para cagar e dar um sumiço temporário. Mas eles não conseguem fazer isso, devido ao fenômeno do orgulho da vergonha. Em suma, falta a eles vergonha na cara.
Em tempo: Que “beleza” a ética de Fabiola Reipert e Miguel Arcanjo ao citarem “jornalistas do SBT”, e nem dar o nome deles. E eles se orgulham de fazer isso! Como eu disse, é um fenômeno comportamental da esquerda. ;)

What's rolling on ?


What's rolling on ?

Acordo e com o sono de sempre, o das três da madrugada tomo a água de sempre e como sempre, automaticamente dou uma espiada no computador que fica vinte e quatro horas ligado, tanto quanto eu.
Olho para a tela e aperto as teclas de costume, aquilo que os entendidos já chamam de vício e eu tenho certeza de que tenho esse, na ausência de beber e fumar, já que nunca cheirei nem tive outros vícios químicos dos chamados criminosos ou recreativos.
What's rolling on , o que eu acho que quer dizer “o que está rolando”?
Espio o Facebook, dou uma olhada na loja virtual para ver se pintou alguma venda de biquíni por atacado para pagar o vale das funcionárias no dia vinte e às vezes entro só site da Globo para ver what's rolling on ?
Rolezinho!!!!!!!!!!!!!!!!!
Grandes grupos de jovens combinando pela internet encontros em shoppings para zoar a praça, o que quer dizer mais ou menos, fazer arruaça, bagunçar o coreto e de quebra, roubar o que der nas lojas e dos incautos, despreparados e desprotegidos frequentadores.
What's rolling on? Na cabeça das autoridades que em vez de matar a cobra no ninho, dando porrada e colocando em cana, ficam passando a mão na cabeça desses projetos bem adiantado de marginais protegidos por uma parte da mídia idiota, que chama a atividade da polícia de constrangedora (no mínimo) e diz que proibir isso pode ser anticonstitucional e preconceituoso.
Preconceituoso a puta que os pariu porque não foram eles os assaltados! Quem já viu preto, puta ou veado sendo barrado na porta de shopping, ou de qualquer lugar onde tenha restaurantes finos e lojas caras?
Hoje essa putada e essa negada tem o poder aquisitivo que toda a sociedade moderna procura, esquecido que está que antigamente o negro era escravo, que as putas deveriam ficar na zona e que dar o cu era feio.
Nem vou falar mais nada! Vou é dormir! O mundo vai acabar e ainda bem que não vou estar aqui para ver.
Rolezinho!!!!

Rolezinho na puta que os pariu!

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

De políticos e bandidos.

O homem se apequena, quando acovardado aceita as ordens e faz alianças com quem se apoderou temporariamente do poder.
Temos visto ladrões e assassinos sendo eleitos por maiorias burras e impondo sua vontade à população da cidade.
Na época das eleições, gente boa, gente acovardada e aproveitadores de todas as horas têm juntado forças a qualquer aventureiro ou aventureira que tenha possibilidade de tomar as rédeas frouxas e a chave do cofre da nossa cidade.
Isso aconteceu em várias das últimas eleições para desespero de quem, como eu, imaginava que pessoas de bem jamais se juntam a bandidos e bandidas.
O tempo se encarregou de mostrar a todas as pessoas, que alianças promíscuas redundam traições homéricas.
Muitos como eu temem tomar partido de gente boa, temerosos das alianças que como frutas podres contaminam as boas.
É preciso que os compromissos com os eleitores sejam respeitados e a sua confiança não seja traída com essas alianças indecentes.

Ainda há esperança!

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

BBB Babacas!

Vão começar as inscrições para participar do BBB e eu me lembro de que tem muito mais babaca por aí do que seria desejável.

Pais babacas costumam ter filhos muito babacas, num claro aperfeiçoamento genético dessa intolerável parcela da população.
Um babaca tem inteligência limitada e por isso acha que tem opinião própria. Na verdade, enfatiza suas deficiências imaginando que são qualidades.
Em todas as profissões existem babacas. Em algumas, ser babaca é quase fator preponderante. Vou deixar ao critério do leitor, que certamente tem opinião formada,que atire a primeira pedra quem que já conheceu um participante de BBB que não fosse o suprassumo da babaquice ou fosse meio puta.
A visão distorcida da realidade, coloca no babaca arrogância onde deveria existir a humildade de ser ignorante e mal educado.
Perdoem-me, se existe babaca educado não conheço nenhum.
Se você é um babaca, inscreva-se para participar do BBB. Você vai ser mais um dos que vão poder mostrar para todo mundo, em rede nacional, o alto grau de babaquice que toma conta do mundo.
E se você assiste regularmente a esse programa, é um dos que patrocina a ignorância, dando a audiência necessária para que milhões de brasileiros achem que ser babaca, é a coisa certa e que vencer na vida é mostrar a bunda, ter merda na cabeça e passar os outros para trás é lindo, maravilhoso e é assim que se vence na vida.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Reclamação contra a HP equipamentos eletrônicos do Brasil.



Comprei no Carrefour do Guarujá um ulltra book 14 da HP modelo Pavilion da série BRG 306FF27;no. do produto C1C40LA#AC4 e isso faz menos de sessenta dias.
Além da garantia original comprei uma extensão por mais dois anos.
Com pouco uso uma vez que tenho outros equipamentos similares, ele apresentou um defeito e aparece numa tela azul a informação de que há um problema que vai ser verificado e o aparelho será reiniciado a seguir.
Acontece que a informação aparece continuamente e ele não reinicia.
Procurei informações a respeito no site da HP e com muita dificuldade encontrei o número para ligar 4004-7771.
Tentei dezenas de vezes, em dias diferentes e diversos horários e a informação era para que eu verificasse o número pois nesses era impossível a ligação.
Procurei então um endereço de assistência técnica em Santos SP, liguei e a informação é de que eles não trabalhavam com garantia, só com aparelhos que já tivessem saído da garantia.
Procurei então uma assistência técnica em São Paulo e obtive um enderêço próximo da Imigrantes uma vez que minha ida seria exclusivamente para levar o aparelho. Essa assistência fica na Rua Vergueiro.
Logo ao verificar a fachada fiquei preocupado pois me pareceu mais uma lojinha de consertos de ferros de passar ou de outro eletro doméstico. E era mesmo.
Ainda assim resolvi descer e verificar. Tanto no letreiro como no cartão da lojinha estava escrito que era uma assistência técnica especializada em equipamentos da HP.
O atendente me informou que só consertava aparelhos fora da garantia e me aconselhou que ligasse para o número que consta no site para saber onde seria o atendimento na garantia.
De volta ao Guarujá tentei ligar inúmeras vezes para os telefones acima e obtive um outro 0800-709-7751.
Hoje, dia sete de janeiro de 2.014 depois de várias tentativas consegui ser atendido gentilmente pela Srta.Jéssica.
Dei os números do produto, meu nome, e-mail e telefones e tudo mais que ela solicitou e fui informado de que a HP “NÃO TEM ENDEREÇO FÍSICO PARA ATENDER A GARANTIA DO MEU PRODUTO.” e que juntos deveríamos fazer alguns procedimentos de checagem.
Fizemos vários e depois de mais de 15 minutos de ligação o que será comprovado pela conta uma vez que era uma ligação paga, a ligação caiu.
Sem um número de protocolo fiquei imaginando como eu poderia continuar no atendimento com a Jéssica sem ter que explicar tudo de novo e recomeçar o procedimento.Inocentemente resolvi esperar alguns minutos na esperança que ela me ligasse uma vez que tinha meus telefones. Ela não ligou.
Recomecei a tentativa de ligar para os números acima e depois de dezenas de tentativas escutando que eu tinha os números errados(apesar de já ter conseguido falar uma vez), estou aqui para fazer com que essa reclamação seja do conhecimento do maior número de pessoas possíveis para que ao escolher um equipamento todo mundo saiba que se tiver algum problema, qualquer problema, vai ter de passar pelo que estou passando.
Você que já sofreu com a HP ou com o atendimento de qualquer empresa que não dá a mínima para o consumidor deve compartilhar essa reclamação. Não vamos mudar muita coisa mas pelo menos as pessoas estarão avisadas.
Agora vou continuar tentado ligar para a HP e postar essa reclamação em todos os lugares possíveis.

M. Pacheco G.
Telefone (13)7807-6981



domingo, 5 de janeiro de 2014

Erros, acertos, vitórias e fracassos.

Ninguém é totalmente experiente se não coleciona erros e fracassos, dentre seus acertos e vitórias.
Os caminhos mais conhecidos são os mais fáceis, mas são as trilhas perigosamente desconhecidas que conduzem às grandes descobertas.
Dar e ouvir conselhos não é para qualquer um, é preciso ter humildade, maturidade e inteligência para aproveitar o que é bom e descartar as armadilhas.
Não é a quantidade de acertos que determina o resultado, mas o uso que se faz dessa experiência.
A vida é uma experiência única, continue tentando, errando ou acertando, porque é tudo que nos resta, afinal.


Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI