CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

domingo, 13 de outubro de 2013

Durma com esse barulho!

Milhões de pessoas a cada dia levantam da cama para mais uma jornada diária.
Até certa idade a prioridade são os estudos, como estágio preparatório para conviver em sociedade, cumprindo seu papel de cidadãos com direitos e obrigações.
É dessa multiplicidade de indivíduos que as leis e outras regras de conduta são criadas e deveriam pautar a vida de todos nós.
Não é o que ocorre, e desses milhões de indivíduos se destacam milhares, que quebrando paradigmas se transformam em ídolos de muitos e exemplo para tantos outros.
Infelizmente, há outras pessoas que não se enquadram nas regras de conduta e geram problemas, transformando-se em tantas categorias que seria impossível classificá-las aqui.
Mas não é tão difícil enquadrá-los em duas categorias bem distintas. Os que não prejudicam o próximo e os que os prejudicam.
É daí que surgiu a máxima, de que o direito de um indivíduo vai, até onde começa o de outros.
Não se trata de conduta subjetiva onde as ações e omissões possam ser interpretadas, mas de conduta objetiva onde a proteção dos direitos é um direito que deve ser observado, com aplicação das penas aos que os transgridem.
Tenho visto grande parte dos direitos dos indivíduos serem ignorados sob a alegação e que os crimes com menor potencial de gravidade merecem penas tão leves que nem parecem penas.
O certo é que tratar o crime dessa maneira, gera a impressão de impunidade, onde a contumácia acaba transformando a conduta inaceitável, que fere o direito de outros em coisa corriqueira.
O texto é a propósito dos ruídos excessivos e que são previstos na legislação como perturbação do sossego.
Diariamente somos vítimas das infrações dessa natureza, provocadas pelos veículos que têm as suas especificações modificadas, veículos de propaganda autorizada ou não e vizinhos alcoolizados ou simplesmente mal educados que colocam os equipamentos de som ou promovem algazarras diuturnas, ignorando o direito dos demais.
Não são raras as notícias de desinteligência causadas por esse e outros, chamados de “pequenos crimes” ou “crimes de menor potencial” que têm causado os outros.

Lesões corporais e homicídios, crimes potencialmente muito mais graves, depois tratados como exercício arbitrário das próprias razões ou por motivo fútil, vêm se transformando em corriqueiros entre pessoas tidas como normais, aquelas que despertam todos os dias para mais uma jornada e se tornam vítimas de uma sociedade que age com tal tolerância, que leva a maioria das pessoas a acreditar que esse é um país sem leis e alguns, de que as leis forma feitas para os outros, não para si.

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI