CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

sábado, 18 de maio de 2013

Um dos maiores problemas que sinto em ficar velho é não saber “prá que”.

A gente sabe “por que” mas o dia a dia teima em esconder “prá que”.
Com um motor de sessenta e quatro mil quilômetros, sigo rodando bem pela cidade e pelas estradas, pilotado sempre e exclusivamente pela querida Amanda, que tem trinta mil quilômetros menos que eu.
Amortecedores bem conservados, por ter evitado sempre estradas ruins, motor gastando pouco óleo, por nunca ter usado combustível adulterado e ter abandonado as drogas legais como o cigarro e o álcool há quase vinte e cinco anos, meu motor segue soltando alguma fumaça, mas subindo bem as ladeiras e sendo guardado sempre na mesma garagem nos últimos doze anos, desde que desisti definitivamente das locações esporádicas, dos fortuitos “perdidos” e das ilusórias aventuras mágicas. Tudo graças à excelente motorista que a Amanda é, e que não me deixa esquecer que o certificado de propriedade  está no nome dela.
A moderna engenharia, providencialmente, descobriu uns comprimidos azuis e agora outros amarelinhos, que misturados no combustível antes de uma arrancada mais rápida, faz lembrar o tempo em que o motor pegava mesmo frio na primeira partida. Isso é o que basta por enquanto, para atingir a velocidade máxima, que por sorte anda tolhendo até a dos carros mais novos e mais potentes.
Contam-me algumas amigas  que máquinas bem mais novas e potentes, com design moderno, bíceps e coxas musculosas, têm usado o tanquinho mais para mostrar por aí do que para encarar um forte rala e rola.
É bem verdade que sofri uns acidentes no percurso, mas nada que não pudesse ser reparado sem deixar sequelas.
Não há danos na carroceria. Ocorre que sou um modelo antigo, mas ainda se encontram muitos sedans 1.948 e mais antigos do que eu em plena forma.  
Bem, vamos torcer para que a máquina continue funcionando a contento e que não venha uma campanha dessas malucas, para  desencalhar estoques, onde você entrega o velho e  com mais umas parcelas, sem juros, você pega um zero quilômetro.
Meu pai já dizia que qualquer marca de carro é boa e que carro bom é carro novo.
Vou torcer para que a Amanda não fique tentada e vou fazer aquilo que aprendi no decorrer dessa vida de muito aprendizado.
Você conquista a mulher beijando-a sempre e no lugar certo.
Aprendi cedo que o melhor lugar e o único lugar certo é em qualquer país da Europa.
Parto no sábado, até a volta!

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI