CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

sexta-feira, 29 de março de 2013

As nossas tristezas, as alegrias dos outros e a vida de cada um.



Todo dia eu leio aqui no Face pelo menos uma postagem das pessoas pedindo que os outros cuidem mais das suas próprias vidas. Afinal, Deus teria dado uma vida para cada um cuidar da própria.
E todo dia eu leio dezenas de pessoas interagindo, solicitadas ou não a dar um palpite nos problemas da vida. Da sua, da nossa, e na dos outros.
Viver em sociedade é mais ou menos como morar em casa de muros baixos, mesmo que a gente não queira, acaba vendo a roupa do vizinho no varal.
Pior que isso, é quando o vizinho de muros baixos deixa a roupa suja exposta ou como se costuma dizer, lava a roupa suja em público.
Baixarias e barracos à parte (esses sem muros mesmo), a maioria das pessoas bem criadas tem noções de educação, de compostura e de convívio social.
Incentivadas e potencializadas pelo álcool e outras drogas, essas proibidas e igualmente maléficas, encontramos os que apesar da educação recebida não aplicam corretamente a sua porção de discrição e vivem arrumando encrenca em nome de um gênio forte.
É sabido que o álcool na primeira e segunda dose alegra, da terceira para cima age de maneira diferente para cada pessoa.
Da euforia à violência é um passo ou uma dose, e a gente observa a vida dessas pessoas sendo destruídas e levando junto a de mulheres e maridos, filhos e pais e de gente que inadvertidamente se aproxima, ás vezes com a melhor das intenções.
Ontem eu vi a segunda mulher de um desses seres problemáticos. Sob a carapuça de empresário bem sucedido, sua recaída no álcool e quiçá em outras drogas, caminha para a demolição de mais um casamento, para mais uma família desfeita e para colocar na sociedade mais um filho criado sem pai.
Fico pensando cá com o meu teclado o que é que eu tenho a ver com a vida dele? Afinal, Deus me deu uma tão boa. E pensando na minha vida, na vida dos outros e nas tristezas que a dependência química causa a tanta gente eu não resisto e meto o bedelho para espalhar. O álcool não deve fazer parte da vida dos adolescentes, a lei precisa ser cumprida e quem brinca com fogo termina queimado.
Palavra de quem já teve problemas com o álcool.

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI