CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

sábado, 30 de março de 2013

A gente vive com a esperança.



Pensar positivo, ser generoso e honesto é fórmula certa para ter uma vida saudável e sem grandes problemas.
Aliás, os grandes problemas são sempre resolvidos com pequenas ações, uma de cada vez, porque no fim tudo se resolve e se não foi resolvido ainda, é porque não chegou a hora, é porque ainda não é o fim.
Nada mais certo do que aguardarmos pacientes e esperançosos a hora em que Deus reservou para resolver os nossos problemas. Tudo ao seu tempo, ao tempo de Deus.
Caso estejamos preparados, firmes, dispostos, esperançosos, crentes e merecedores da bondade divina, a maioria de nós consegue resolver os intrincados problemas da vida e comigo não foi diferente.
Para sermos merecedores da bondade divina é preciso ajudar o próximo e eu espero que essas palavras te ajudem e calem fundo na sua alma, porque a gente vive pela esperança.
Não perca nunca nem a fé nem a esperança.
Todos os problemas são resolvidos pelos que conseguem aguardar serenos o tempo de Deus.

sexta-feira, 29 de março de 2013

As nossas tristezas, as alegrias dos outros e a vida de cada um.



Todo dia eu leio aqui no Face pelo menos uma postagem das pessoas pedindo que os outros cuidem mais das suas próprias vidas. Afinal, Deus teria dado uma vida para cada um cuidar da própria.
E todo dia eu leio dezenas de pessoas interagindo, solicitadas ou não a dar um palpite nos problemas da vida. Da sua, da nossa, e na dos outros.
Viver em sociedade é mais ou menos como morar em casa de muros baixos, mesmo que a gente não queira, acaba vendo a roupa do vizinho no varal.
Pior que isso, é quando o vizinho de muros baixos deixa a roupa suja exposta ou como se costuma dizer, lava a roupa suja em público.
Baixarias e barracos à parte (esses sem muros mesmo), a maioria das pessoas bem criadas tem noções de educação, de compostura e de convívio social.
Incentivadas e potencializadas pelo álcool e outras drogas, essas proibidas e igualmente maléficas, encontramos os que apesar da educação recebida não aplicam corretamente a sua porção de discrição e vivem arrumando encrenca em nome de um gênio forte.
É sabido que o álcool na primeira e segunda dose alegra, da terceira para cima age de maneira diferente para cada pessoa.
Da euforia à violência é um passo ou uma dose, e a gente observa a vida dessas pessoas sendo destruídas e levando junto a de mulheres e maridos, filhos e pais e de gente que inadvertidamente se aproxima, ás vezes com a melhor das intenções.
Ontem eu vi a segunda mulher de um desses seres problemáticos. Sob a carapuça de empresário bem sucedido, sua recaída no álcool e quiçá em outras drogas, caminha para a demolição de mais um casamento, para mais uma família desfeita e para colocar na sociedade mais um filho criado sem pai.
Fico pensando cá com o meu teclado o que é que eu tenho a ver com a vida dele? Afinal, Deus me deu uma tão boa. E pensando na minha vida, na vida dos outros e nas tristezas que a dependência química causa a tanta gente eu não resisto e meto o bedelho para espalhar. O álcool não deve fazer parte da vida dos adolescentes, a lei precisa ser cumprida e quem brinca com fogo termina queimado.
Palavra de quem já teve problemas com o álcool.

quarta-feira, 27 de março de 2013

Príncipes,princesas,sapos e pererecas.




Garotas se queixam, de que na busca de príncipes só encontram girinos e vivem engolindo sapos e pintos.
Garotos se queixam de que periquitas, pererecas e periguetes, se confundem nas baladas, armando pegadinhas para os pegadores.
Como numa roleta russa, há sempre a possibilidade de uma transa se transformar em transação onerosa, caso um espermatozóide distraído encontre um óvulo ávido por polpuda pensão alimentícia.
Pais de garotos que fazem quase nada, com as garotas que fazem quase tudo, preocupados com a “síndrome do pinto louco” já têm sido condenados a sustentar além dos seus próprios, os filhos dos filhos que metem o pau na grana e em qualquer buraco.
Jogadores de futebol e cantores sertanejos são as principais vítimas das garotas de saias curtas e cabelos longos.
Neymar é o mais recente exemplo do garoto prodígio, que depois do sucesso com a bola, vai ter de aprender que as garotas mais fáceis serão as relações mais difíceis.
O goleiro Bruno que o diga...

Inexorável

Gosto da palavra inexorável.
Forte, definitiva, inflexível, ela é aquela, que contra ou a favor, nada se pode fazer.
Ela é inelutável, irrefutável, incontestável. Invencível.
Se for um indivíduo, ele pode ser alguém que não se comove, que não cede a pedidos nem a súplicas, mas também pode ser alguém que não se curva aos ditadores, aos detratores, nem contraria a lei, a ordem e a moral.
Se for o amor, ah... amor inexorável... aquele que poucos acham e que os não o conheceram até duvidam que ele exista.
Inexorável é o fim, que muitos acham que pode ser o começo. Nesse tribunal todos seremos levados.
Julgados, muitos sairão condenados para expiarem, por toda a eternidade, os males que perpetraram nessa vida curta e efêmera.
Viveram impunes às leis dos homens e não acreditaram na existência de Deus.
É inexorável. Não há volta.
Façamos todos uma boa caminhada.

sexta-feira, 22 de março de 2013

No casamento, quando só um quer, os dois se fodem.

Fotografia




Fotografia é que nem foda.
Você escolhe a modelo a dedo, se der...
Capricha na produção, prepara o equipamento e quanto mais sensual ela for e menos roupa tiver, certamente será melhor.
A posição é importantíssima e pode ser a grande diferença, mas, isso não significa que você vai fazer a melhor foto, nem que ela seja uma foda campeã...
De qualquer maneira, pode ser uma ótima lembrança, e você sempre vai poder exibir como um troféu para os amigos.

terça-feira, 19 de março de 2013

ENGASGAGATOS






Balaio de gatos, arranha gatos, gatunos, e outros gatos.
Gatos pardos, gatos pretos, gatos outros.

Muitos que não conhecem os gatos, não gostam de gatos.
Só quem teve um gato, como o gato que tive, sabe quanta falta pode fazer um gato.

Não qualquer gato, o seu gato. O meu gato,o gato que agente aprendeu a reconhecer e gostar como o gato da gente,
um gato que é quase gente, um gato que depois viver com a gente,  a gente quase não pode viver sem o gato.

Um gato, faz gato e sapato do dono dependente,
 dependente tem repentes de quase gente.

Já vi tanta gente escrever sobre gatos, que deve ser mais ou menos como escrever um diário, uma música, um sambinha...
Quem não gosta de gato,... bom sujeito não é,... ou é ruim da cabeça,... ou sei lá o que é...

Engasgagato, birita, trago,
embriagues de ter um gato
de olhos  azuis,um bichano que pode ser um tirano
quando não quer... sequer nos olhar.

Engasgagato, engasga o dono,
quando morre o gato,
quase morre o dono.

A ORLA DA PRAIA É A SALA DE VISITAS DO GUARUJÁ. (republicação)


A  ORLA  DA  PRAIA  É  A  SALA  DE  VISITAS  DO  GUARUJÁ.

                         Antero de Figueiredo, escritor  português do século XX  é o autor da frase:  “A casa é o retrato do seu dono”.

       Nossa cidade é a nossa casa e a orla das nossas praias a nossa sala de visitas.
É por causa das praias que Guarujá tem milhares de prédios e casas de construção sólida e bom padrão que abrigam moradores, veranistas e turistas que pagando seus impostos dão à cidade um orçamento próximo dos 700 milhões de reais.
Nossos governantes parecem ignorar esse e outros fatos que são importantes demais para serem esquecidos ou ignorados.
Problemas como a falta de banheiros públicos, o descaso com os postos de salvamento, a falta de conservação das áreas publicas e a permissividade com que doam parte das praias e das calçadas para qualquer um, cujo critério único é o apoio político está acabando com a cidade, a nossa casa e especialmente a sala de visitas na qual recebemos os que pagam as contas da cidade.
A verdade é uma só. Os proprietários dos imóveis pagam o IPTU e não recebem nada em troca desses pagamentos a não ser o descaso com seu patrimônio que desvaloriza a cada ano fazendo com que um imóvel do mesmo padrão custe em Bertioga em Santos e em outras praias o dobro, o triplo e até mais do que aqui no Guarujá.
Outra coisa que está acabando com o centro de Guarujá é a concessão de alvará de funcionamento para estabelecimentos comerciais sem o menor critério.
Como é possível admitir os Supermercados do Pão de Açúcar na Rua Mário Ribeiro sem estacionamento e usando os recuos obrigatórios como cozinhas irregulares?
Não é preciso explicar muito para que todos vejamos o que está ocorrendo no centro do Guarujá quando mendigos tomam conta das ruas fazendo suas necessidades fisiológicas na porta dos prédios de apartamentos que já valeram um milhão de dólares e que hoje não tem compradores.
Não é possível discutir soluções para os problemas sociais nas avenidas das praias e ruas próximas.
Em que pese sabermos as dificuldades, permitir que esses sem teto permaneçam nessa situação na avenida da praia em nada vai ajudar a resolver os seus próprios problemas.
Os frequentadores do Guarujá, proprietários de imóveis estão abandonando a cidade e vendendo-os por valores muito menores do que os que estão em construção.
Breve, em menos de dois anos estarão prontos mais de 2000 apartamentos nas praias das Astúrias, Pitangueiras e Enseada.
Informações das imobiliárias dão conta de que já existem muitas revendas disponíveis sem mesmo terem sido vendidas todas as unidades nos prédios em construção.
O que significa isso? Significa que a oferta será muito maior do que a procura e que os imóveis mais antigos ficarão ainda mais desvalorizados e difíceis de serem vendidos e que o valor venal hoje expresso nos carnes do IPTU, que servem como base para o lançamento do imposto certamente superará e muito o valor alcançado pelo imóvel.
Isso sem contar que o valor do IPTU do Guarujá continua sendo um dos maiores do Brasil com o agravante de nada oferecer aos proprietários a não ser o desgosto de ver as praias poluídas por barracas, ambulantes, bicicletas e toda sorte de companhia desagradável.
Certamente os nossos políticos não se importam com isso.
Como já disse alguém, a gente consegue tirar o indivíduo de dentro da favela mas não consegue tirar a favela de dentro do indivíduo.

Você consegue tirar os indivíduos da favela. Mas não consegue tirar a favela de dentro de alguns indivíduos. (Ditado popular)

segunda-feira, 18 de março de 2013

Certos amores são pesadelo certo

Se alguns pesadelos que a gente tem,que retratam os sonhos do passado, tivessem se tornado fatos da vida, hoje esses pesadelos poderiam ser tragédias reais, e poder-se-ia desejar, que certos amores não passassem de pura imaginação, tal qual certos romances de ficção.
Sucessos literários podem ter fim desastrosos, amores desastrosos nunca fizeram nem farão sucesso na vida real.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Até onde a vista viu, até onde a memória alcança, até onde a realidade mostra,não há passado que resista aos rumos do futuro.




Acordei e vi pela janela a praia maravilhosa de sempre.
O mar estava calmo, o sol se movia lentamente.

Eram muitas as sombras, às sete e meia daquela manhã inesquecível do longínquo novembro.
Ao longe, cerca de trezentos metros, parecia só um ponto vermelho na areia cinza e se aproximava lentamente.

Duzentos e cinquenta, duzentos e vinte, duzentos, cento e sessenta metros.
Daí, já dava para ver que o ponto vermelho era um biquíni e que o contorno de um corpo escultural deixava mais que uma sombra, deixava um rastro, que percebo indelével na memória. 
Hoje é só uma lembrança, mas que poderia ter feito a história da vida completamente diferente.
Não há passado que resista aos rumos que a vida leva.
Esse é o presente e será o futuro.

Mas não há passado que não especule outros rumos, outra vida, outro tudo.

terça-feira, 12 de março de 2013

Fotografias mal tiradas e momentos ruins a gente deveria guardar para si.



Como tudo, fotografar exige conhecimento e exercício. Fotos instantâneas, tiradas com o celular, podem ser boas lembranças, mas dificilmente serão ótimas fotos.
Mas vamos admitir que a única foto disponível esteja fora de foco, escura e com um péssimo enquadramento. Não coloque essa foto para que todo mundo veja, porque ela não tem para os outros a mesma carga emocional que para você. Ela só vai dizer que você aceita uma coisa ruim, ou mais ou menos, como algo de que se orgulha.
A maioria das fotos boas é conseguida de uma seleção de muitas fotos. Por isso, tire sempre várias fotos do assunto, para que você possa escolher a melhor, mostrar para todos e se orgulhar de ver a vida por um prisma claro, focado e bem enquadrado.
A fotografia é como a vida da gente. Tem que ser boa de ver, boa de viver, boa para contar e mostrar para todo mundo.
Roupa suja a gente lava em casa...

segunda-feira, 11 de março de 2013

A desinteligência é uma divergência com viés de discordância, que promove a ignorância, fruto da falta de educação.

Chorão.


A gente nasce, cresce, alguns se desenvolvem, todos ficamos velhos e muitos nunca vivem plenamente a vida.
Todos morreremos.
Assunto tão grande dá até medo de abordar, porque a gente certamente vai se perder nas muitíssimas discussões do que realmente é importante na vida.
Não consegui deixar passar a morte do Chorão como eu gostaria,vendo seus milhares, talvez milhões de fãs chorando sua perda e eu quieto no meu canto ouvindo a Amy Winehouse.
Mais do que o valor das suas letras e certamente das músicas, o que devem estar chorando é a perda de um ser humano com carisma incrível.
Incrível para mim, na acepção da palavra, acostumado a ouvir Frank Sinatra, Nat King Cole, Chico Buarque de Holanda e outros cantores, cantoras e intérpretes da boa música, das melodias que encantaram e ainda encantam milhares de milhões de pessoas.
Confesso nunca ter dado uma chance de que o Chorão cantasse e eu ouvisse, nem um pedacinho das suas letras, nas músicas que segundo os críticos são só batuques, acompanhados de outros sons estridentes, de instrumentos elétrico, eletrônicos, que atrapalham qualquer som que não seja uma gritaria  insana.
Chorão nasceu, cresceu em ambiente desfavorável para uma vida saudável, não foi feliz, não aproveitou o que a vida tem de bom e finalmente deixou todo mundo triste com a sua morte.
Foi uma droga!

domingo, 10 de março de 2013

A fotografia é um milagre da tecnologia que aperfeiçoou o homem.



Ela reaviva a memória com detalhes, reativa sons, cheiros, cores e sentimentos que a gente nem mesmo poderia imaginar serem recordados.
Quando você vê uma foto sua com poucos dias, alguns meses, ou na tenra infância, tem a oportunidade única de pelo menos imaginar a felicidade dos seus entes queridos nessa época.
Pessoas, lugares, viagens e comemorações como que voltam com a visão de uma fotografia.
É como curtir de novo tudo o que foi muito bom.
Os seus filhos e netos têm direito de saber mais a respeito do próprio passado. Você tem direito de reviver tudo isso e nós, os fotógrafos estamos aqui para proporcionar isso com precisão máxima.
Ser fotógrafo é muito gratificante. Você sempre é lembrado com muito carinho por ter proporcionado a alguém todas essas possibilidades viver de novo um momento que poderia ter sido perdido.
Fotografe! Isso é um ato de amor!

sábado, 9 de março de 2013

A gente ganha pouco e nem se diverte mais.



Foi-se o tempo de que o ditado era que a gente ganhava pouco mas pelo menos se divertia.
Aposentadoria, pelo menos a minha, é uma desencadeadora da má educação que está dentro de mim.
Cada vez que eu vejo quanto recebo pelos trinta e quatro anos, de recolhimento do INSS eu me lembro da mãe de todos os políticos que nos trouxeram onde estamos e com a grana que tomaram da gente todo esse tempo.
Um pibizinho de merda, um sistema de saúde mais doente que os próprios doentes, estradas que matam, ruas que matam, policiais mal preparados que matam pouco.
Pois é, daqui a pouco para nos dar segurança vão nos trancar nos presídios e soltar os poucos bandidos que ainda estão presos.
Tá certo que vai ser uma chiadeira geral se eles além de soltarem os bandidos, tirarem seus benefícios e regalias, como as bolsa  presidiário, bolsa companheira do presidiário e bolsa do filho do presidiário.
E visita íntima pode? Os caras estão presos porque foderam os outros e têm direito de continuar fodendo as companheiras...
É por isso que eu digo, sempre que você chamar um político de filho da puta tem pouquíssima chance de errar. A culpa de tudo isso é deles. Só deles!

Escrever é um vício!




Tive uma recaída e o nome da droga é nova ortografia.
Isso, somado às milhares de merdas escritas por todo tipo de escritores de fundo de quintal e disponíveis na internet, me fazem um blogólatra, um candidato a AVIA (Associação dos Viciados em Internet Anônimos), um potencial frequentador nos computadores daqueles que não têm nada melhor para fazer do que ler merdas, uma vez que não são tão idiotas a ponto de tentar escrever.
Aliás, só tem uma vantagem ler e escrever merda na internet. É de graça.
Muito bom para quem como eu não aguenta mais comprar a Veja e pagar caro, ler notícias já vistas no Jornal da Manhã, no Jornal do Meio Dia, no Jornal da Tarde, no Jornal Nacional etc.etc.etc...
Mas o melhor de ser escritor de Facebook e blog é que não há compromisso com o editor, com os patrocinadores, com amigo do dono do jornal e com outros vendidos, sejam políticos ou só puxa-saco deles.
Escrever em blog é bom porque os inimigos fingem que não lêem nem dão a mínima importância, os inimigos dos inimigos, fazem a maior festa para você e ficam te incitando, e contando os podres deles, prá quem a mulher deles ta dando e essas coisinhas que dão tanto prazer de ver os inimigos se fodendo.
Escrever num blog também é legal porque você pode ilustrar o que escreve com uma das fotos maravilhosas que você tem, na qual saiu tão bem que quer repartir com amigos e inimigos.

Gosto muito de escrever e meus amigos me ajudam muito quando me animam dizendo que um dia eu aprendo...

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI