CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Tarde demais para esquecer...



 Tarde demais para esquecer
Eu lembro. Eu pensava reencontrá-la um dia e como numa novela você diria...
Há quanto tempo... e eu responderia:

-Foram trinta anos! E hoje já se passaram trinta anos. Trinta anos de uma lembrança perpétua que é só uma lembrança, nada mais do que uma forte lembrança. Perpétua.
Tarde demais para não esquecer.
Que força é essa que dura tanto quanto uma vida? 
Tarde demais para aprender.


Nesse filme brasileiro, homônimo do americano de 1957 e indicado para quatro Oscars, o diretor Marinho Guzman aventura-se sem compromisso.
Baseado numa história de amor passada no final dos anos 70, na turbulenta cidade de São Paulo, das discotecas Papagaio, Banana Power, Ta Ma Tete, Aquarius e da Rua Augusta, nessa época ainda um ícone de gerações.
Tudo começa num Studio fotográfico badalado, onde as garotas bonitas, animadas pelas fotos publicadas por um colunista social então emergente, buscam trabalho, diversão e porque não, fama.
Segundo o diretor, o argumento é baseado em fatos reais e vai permitir a quem viveu na época identificar alguns personagens como fotógrafos, costureiros, socialites e manequins.
O que para o fotógrafo teria sido a descoberta de um grande amor não passou de mais um degrau na escalada social de uma lindíssima garota, que apesar de mais nova não se deixou enredar pela falsidade pelas tramas e aparências.
Depois de uma festa com muito álcool, o fotógrafo jurado de concurso de beleza, foi surpreendido pela namorada com uma das ganhadoras na cama.
Apesar do aparente perdão, das idas e vindas e dos homéricos porres do fotógrafo o romance acabou.
Por mais de três décadas, a lembrança daquela mulher perturbou o sono do fotógrafo e o filme como a força de um curto relacionamento pode marcar uma vida com lembranças fortes que servem de argumento para um filme, quiçá um livro e principalmente para relembrar aos expectadores, parte da louca época das discotecas... algo, como um grande amor para nunca se esquecer.

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI