CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

sábado, 10 de novembro de 2012

Ver o presente é como ter visto o futuro no passado.




Quando eu tinha uns trinta anos, minha amiga Miroca entendidíssima na arte de consultar adivinhos infalíveis me levou a conhecer muitas dessas cartomantes, quiromantes, jogadores de búzios e mágicas outras, que prometiam contar tudo o que acontecia na nossa vida financeira, sentimental e principamente, o que nos reservava o futuro.
Não me lembro do nome das estranhas figuras, mas seus “consultórios” variavam de espeluncas a casas de luxo e as consultas nunca foram baratas, principalmente porque eu nunca consegui ver nada, saber de nada nem acreditar em nada.
Ainda assim, fazíamos uma peregrinação mensal que servia para que eu acreditasse cada vez menos e a Miroca ficasse com a cabecinha mais  atrapalhada. Tão atrapalhada como a vida dos seus pretendentes que ela desejava investigar. E olha não eram poucos, uma vez que ela era sem dúvidas, uma das garotas mais bonitas da época.
A beleza da Miroca fez tanto sucesso que a levou conhecer gente importante e muito rica. Até um sultão árabe, que depois se descobriu, era mais contrabandista que sultão e que apesar da linhagem árabe, tinha vindo para o Brasil pelo Paraguai para ser mascate em Foz do Iguaçu.
Uma das provas de que a Miroca era inteligente, apesar de ser loira, é que ela sempre me manteve bem longe das suas pernas e fraternalmente perto do coração.
Não vejo a Miroca faz uns vinte anos. Soube que ela mora na Praia Grande, nunca se casou e agora cuida de cachorros abandonados. Certamente ela não teria imaginado que seu futuro seria como é, e nenhuma cartomante lhe contou que tanta exigência com os homens iria levá-la a amar e ser amada mais pelos cachorros que latem, do que pelos a cortejaram na época.
Mas voltando ao passado  que hoje é o presente, e lembrando das adivinhações, tenho certeza que eram todas embromações porque nada daquilo aconteceu como vaticinado.
Pensando bem, naquela época eu nunca imaginei como eu seria agora.E agora, eu sei como sou. Eu acho...
E no que diz respeito à curiosidade das mulheres e à sua invariavel dependência das cartomantes, quem acertou mesmo foi a Tânia  minha namorada na época, que apesar de não ser muito amiga da Miroca vivia trocando endereços de “óóóóótimaaassss” advinhas. Ela foi aconselhada pela Madame X a terminar logo o namoro comigo,  porque eu seria cafajeste, bêbado,mulherengo, sem futuro e outros predicados que eu certamente tinha e cultivava muito na época. Aliás, era só olhar na minha cara, não precisava nem fazer força nem ler a mão. Acertou a Tânia que me deu um pé na bunda, me trocou por um milionário e continua com uma vida de conto de fadas.
A verdade das verdades é que nem eu nem ninguém da minha turma  conseguimos predizer o futuro. Vejo como eles e elas eram,como ficaram e ter certeza desse resultado teria sido causa para uma  depressão certeira, precoce e possivelmente fatal.
Quem aí vai me dizer que teria imaginado e acertado como seria o próprio futuro? Quem é hoje como se imaginou há quarenta anos?
A certeza do futuro que eu não tive no passado hoje tenho. Daqui a quarenta anos vou estar feliz e  em paz.
Bem vamos deixar o feliz de lado, vou estar em paz...


Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI