CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

quarta-feira, 28 de março de 2012

" A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre." Oscar Wilde



Não é fácil assimilar essa máxima de Oscar Wilde.
Todos queremos causar a melhor impressão possível, todos gostamos de ser populares entre os amigos.
Não fora assim, ninguém estudaria, seria culto, teria  boas maneiras e procuraria se apresentar bem vestido, limpo etc.
Estaria Oscar Wilde recomendando que fossemos medíocres?
Certamente não!
Ele quer dizer que jamais seremos unanimidade nas relações interpessoais de um grupo de pessoas, especialmente se esse grupo for heterogêneo.
Quanto mais brilhante você for mais inimigos terá!
E isso ainda ainda é muito bom e é válido, uma vez que a alternativa é ser medíocre.

terça-feira, 27 de março de 2012

Formiga e puxa-saco tem em todo lugar.



Puxa-saco é o bajulador, adulador, indivíduo de mau caráter que enaltece gregos e troianos, vagabundos de pouca, média ou grande projeção  que aceitam esse tipo de admiração sabidamente interesseiro.
O puxa-saco parece um cão sem dono.
Corre atrás de qualquer um que lhe dê a mínima atenção a troco de um voto ou simplesmente para tê-lo por perto para fazer número.
Coisa raríssima é um puxa-saco inteligente e capaz.
Normalmente esse tipo de pessoa se sujeita a essa condição subserviente, porque lhe falta amor próprio, dignidade e capacidade para estar em qualquer posição pelos próprios méritos.
Estou escrevendo e vendo perfilar a cara de bobo e de boba, de cada um dessas pessoas que nunca foram nada em lugar nenhum e agora porque tiram foto com alguma autoridade ou tem um emprego na prefeitura acham que são o máximo.
Convido você, amigo ou amiga leitora a lembrar ou melhor, não esquecer dessas caras...
Não deixe de fazer um ou uma puxa-saco saber da própria condição de insignificante chamando-o de puxa-saco.
Se não dá para exterminá-las, como se faz com as formigas daninhas, não as perca de vista enquanto elas sobem.
Breve você e eu as veremos caindo.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Não se faz omelete sem quebrar uns ovos.



                 Se você é uma pessoa “do bem”  e procura ser legal, isso é o suficiente para atrair chatos, “malas”e pentelhos de todos os gêneros.
                  Não se preocupe. Ninguém pode agradar todo mundo e são algumas diferenças que  fazem a gente crescer.
                  Seja você mesmo a maior parte do tempo, e também nãos se chateie porque de vez em quando você faz o que pode, tudo o que pode ou  mais do que pode e recebe muito menos do que merece,  ou uma grande desfeita.
                 A vida é assim mesmo e quando a gente aprende que fazer o bem, sem olhar a quem pode ser perigoso para a própria saúde, a gente fica mais esperto, mais seletivo, e isso não é ruim.
                 Ahhh... não se fie muito também nas pessoas que ficam fazendo cortesia com o chapéu alheio. Esse negócio de dar a outra face não funciona mais. Quando você continua fazendo o bem para quem te faz mal vem mais do que tapa na cara. 
Pode ser de pé na bunda a dedo nos olhos e isso não é para você que é bonzinho, é para gente masoquista.
                Dê a  mão para as pessoas e  cuidado com as que querem roubar o seu anel ou puxá-lo para o buraco.
               Se não dá para contentar todo mundo, deixe de lado primeiro os que não reconhecem as suas melhores intenções. 
Vai sobrar muito mais tempo para você dar a quem merece.

quarta-feira, 21 de março de 2012

A fotografia é um milagre da tecnologia que aperfeiçoou o homem.


Ela reaviva a memória com detalhes, reativa sons, cheiros, cores e sentimentos que a gente nem mesmo poderia imaginar serem recordados.
Quando você vê uma foto sua com poucos dias, alguns meses, ou na tenra infância, tem a oportunidade única de pelo menos imaginar a felicidade dos seus entes queridos nessa época.
Pessoas, lugares, viagens e comemorações  como que voltam com a visão de uma fotografia.
É como curtir de novo tudo o que foi muito bom.
Os seus filhos e netos têm direito de saber mais a respeito do próprio passado. Você tem direito de reviver tudo isso e nós, os fotógrafos estamos aqui para proporcionar isso com precisão máxima.
Ser fotógrafo é muito gratificante. Você sempre é lembrado com muito carinho por ter proporcionado a alguém  todas essas possibilidades  de viver de novo um momento que poderia ter sido perdido.
Fotografe! Isso é um ato de amor!

terça-feira, 20 de março de 2012

As futilidades, as coisas importantes e a vida. Marinho Guzman

A importância que as futilidades têm na vida dos pobres de espírito é inversamente proporcional ao sentimento de felicidade vindo da compreensão do que é importante.
Isso posto, quando a gente coloca cada coisa no seu lugar, há espaço para tudo, e na ordem direta, as prioridades nos dão a correta dimensão da verdadeira razão de viver.
Daí a César o que é de César e vamo...que vamo...que a vida é curta!

Aline Almeida ambas do Guarujá já fotografaram para o Concurso Garota Verão Europeu Chiquita Bacana

O verão brasileiro acabou e já deixa muitas saudades.
É o final dos dias  claros e ensolarados, das praias lotadas e da juventude exibindo seus corpos sarados nas pranchas, nas ondas e nas areias.
Mas o sol não termina e o verão só muda de hemisfério.
Vai entrar o verão na Europa e nossa loja internacional de biquínis, a Chiquita Bacana já está vestindo francesas, italianas, portuguesas, as loiríssimas suecas. Opss... todas as mulheres de bom gosto que adoram vestir os biquínis brasileiros.
O sucesso dos biquínis brasileiros se devem em grande parte ao tipo físico da mulher brasileira.
Por isso, nada melhor que mostrar as brasileiras  vestindo biquínis brasileiros com a beleza e charme das brasileiras.
Você pode ser uma das GAROTAS DO BIQUÍNI CHIQUITA BACANA.
Para concorrer envie uma ou mais fotos de biquíni para o e-mail biquinisguaruja@hotmail.com com seu nome, endereço, data do nascimento, cidade e bairro onde você mora, seu e-mail e telefone. Se você tiver boas fotos de biquíni no Facebook peça para ser adicionada ao perfil Marinho Guzman ou deixe recado “in Box”.
Se você não tem boas fotos, mas acha que tem condições, mande as que tiver. Se você for escolhida nós poderemos agendar uma sessão de fotos inteiramente grátis.
E o que você vai ganhar com isso? Todas as garotas escolhidas serão fotografadas, suas fotos serão divulgadas  na imprensa.
A fotografada recebe no ato da foto um biquíni de presente!
E mais! As que fotografarem com nossos biquínis para a loja virtual recebem cachê e  podem ganhar passeios de barco, viagens de navio, e para outros lu
gares paradisíacos fornecidas pelos nossos patrocinadores.
O concurso CHIQUITA BACANA já é feito há cinco anos e revelou modelos de sucesso.
Não perca essa chance o e-mail é biquinisguaruja@hotmail.com













O verão brasileiro acabou e já deixa muitas saudades.
É o final dos dias  claros e ensolarados, das praias lotadas e da juventude exibindo seus corpos sarados nas pranchas, nas ondas e nas areias.
Mas o sol não termina e o verão só muda de hemisfério.
Vai entrar o verão na Europa e nossa loja internacional de biquínis, a Chiquita Bacana já está vestindo francesas, italianas, portuguesas, as loiríssimas suecas. Opss... todas as mulheres de bom gosto que adoram vestir os biquínis brasileiros.
O sucesso dos biquínis brasileiros se devem em grande parte ao tipo físico da mulher brasileira.
Por isso, nada melhor que mostrar as brasileiras  vestindo biquínis brasileiros com a beleza e charme das brasileiras.
Você pode ser uma das GAROTAS DO BIQUÍNI CHIQUITA BACANA.
Para concorrer envie uma ou mais fotos de biquíni para o e-mail biquinisguaruja@hotmail.com com seu nome, endereço, data do nascimento, cidade e bairro onde você mora, seu e-mail e telefone. Se você tiver boas fotos de biquíni no Facebook peça para ser adicionada ao perfil Marinho Guzman ou deixe recado “in Box”.
Se você não tem boas fotos, mas acha que tem condições, mande as que tiver. Se você for escolhida nós poderemos agendar uma sessão de fotos inteiramente grátis.
E o que você vai ganhar com isso? Todas as garotas escolhidas serão fotografadas, suas fotos serão divulgadas  na imprensa.
A fotografada recebe no ato da foto um biquíni de presente!
E mais! As que fotografarem com nossos biquínis para a loja virtual recebem cachê e  podem ganhar passeios de barco, viagens de navio, e para outros lu
gares paradisíacos fornecidas pelos nossos patrocinadores.
O concurso CHIQUITA BACANA já é feito há cinco anos e revelou modelos de sucesso.
Não perca essa chance o e-mail é biquinisguaruja@hotmail.com



segunda-feira, 19 de março de 2012

Aline Almeida do Guarujá maneca exclusiva da Loja Virtual de Biquínis www.biquinis.tv


Taty Castro do Guarujá é a nova Garota Chiquita Bacana www.biquinis.tv

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A AMIOR LOJA DE BIQUÍNIS ATACADO E VAREJO

A vida é uma roda gigante onde a gente sobe tanto pelas escadas como pelo elevador





Difícil encontrar alguém que não tenha passado momentos difíceis por falta de dinheiro.
Às vezes o que falta nem é para o principal.
Pode ser um celular novo, um vestido, trocar de carro ou simplesmente ter um dinheirinho para ir ao cabeleireiro.
É interessante  é ver  a versatilidade  com que as pessoas encaram essa falta de dinheiro e como fazem para obtê-lo.
A maioria rala de seis a oito horas por dia para levar para casa um salário que mal dá para pagar as contas básicas.
E tem gente que opta por usar a beleza que Deus lhe deu, independente de qualquer merecimento.
Esse, ou qualquer outro dom mal usado, costuma ser uma faca de dois gumes.
Pessoas que usam a própria beleza para subir na vida pisam nos menos afortunados podem se dar mal.
Invariavelmente a descida costuma ser uma queda bruta  quando a beleza  acaba.
E quem só tinha isso, acaba ficando só e  sem nada.

domingo, 18 de março de 2012

A bunda de Simone de Beauvoir

Em outubro do ano passado, durante rápido período de férias na Califórnia, resolvemos, eu e minha companheira de viagem e de vida, conhecer Carmel, cidadezinha do litoral ao sul de São Francisco, famosa por conta de sua arquitetura peculiar, seus frequentadores milionários e do "rancho" do ator e ultimamente grande diretor Clint Eastwood, moradia de verão do artista transformada num charmoso hotel --também para abonados, claro.

De fato, Carmel, sobretudo o centro da cidadezinha, é um encanto, com suas ruas tranquilas, antiquários, galerias, construções multicoloridas de teto baixo, floreiras abundantes, gente hospitaleira. Além de algumas Ferraris percorrendo calmamente as ruas estreitas e as muitas lojas de grife ali instaladas para atender à demanda dos que têm o que gastar e gastam o que tem.
Num passeio de fim de tarde por uma calçada de muitas lojas, chamou nossa atenção a atividade de umas moças que reformulavam a vitrine de uma butique de roupas femininas. Quando passamos em frente à vitrine descendo a rua, elas retiravam as roupas das manequins de gesso, certamente para exibir produtos da nova estação que adentrava. Algum tempo depois, quanto subíamos a mesma via com a noite fechada, as moças tinham ido embora, provavelmente deixando para o dia seguinte o fim da tarefa.
Antes disso, porém, tinham "vestido" cada um dos manequins com papel de seda, escondendo assim as "partes pudendas" daquelas mulheres de gesso e tinta. O papel cor-de-rosa estava enrolado gentilmente em torno das bonecas, preso na cintura, de maneira a cobrir seus seios artificiais e sua genitália inexistente.
Arquivo pessoal
Manequim em loja de Carmel com suas 'vergonhas" escondidas
Manequim em loja de Carmel com suas 'vergonhas" escondidas
Sim, comentou minha namorada entre risos, é preciso proteger as velhinhas ricas de Carmel de cenas tão chocantes, afinal elas são americanas e exageradamente moralistas...
Claro que esta não foi a primeira nem será a última manifestação de pudicícia explícita do americano médio --sim, porque, como sabemos, os fora da média são capazes de loucuras sensacionais, e aí estão seu cinema, sua literatura e suas outras artes para demonstrar isso.
Mas o episódio veio à lembrança por conta da censura aplicada há pouco pelos administradores da rede social Facebook ao fotógrafo carioca Fernando Rabelo: ele teve sua página de perfil retirada do ar por alguns dias como punição ao fato de ter publicado uma foto da escritora francesa Simone de Beauvoir (1908-1986) nua de costas.
Art Shay/Divulgação
Simone de Beauvoir na foto de Art Shay
Simone de Beauvoir na foto de Art Shay
Para quem não sabe, esta foto, de 1952, é famosíssima, foi realizada pelo fotógrafo norte-americano (!) Art Shay, em Chicago, durante uma estadia da libertária escritora na cidade. Uma foto roubada, mas posteriormente autorizada, enquanto a escritora estava ao toucador.
Ao que tudo indica, o surto de defesa da moral e dos bons costumes, que grassou aqui pelo Brasil nos tempos da ditadura, teve um espera-se que fortuito retorno pelas mãos dos gestores do Face, aparentemente um território livre para ideias e estéticas, cujos parâmetros deveriam ser apenas o respeito ao próximo, o bom senso e os limites da lei.
Que obviamente não foram transgredidos pelo belo derrière da companheira de Jean Paul Sartre (1905-1980), uma pioneira dentre as mulheres libertárias, defensora tenaz seu gênero como plenamente capaz de dispor de sua vida, de suas ideias e certamente de seu corpo, como deixou claro nesta frase:
"Nenhuma educação pode impedir a menina de tomar consciência de seu corpo e de sonhar com seu destino; quando muito pode impor-lhe estritos recalques que pesarão mais tarde sobre toda a sua vida sexual".
Luiz Caversan
Luiz Caversan é jornalista e consultor na área de comunicação corporativa. Foi repórter especial, diretor da sucursal do Rio da Folha, editor dos cadernos "Cotidiano", "Ilustrada" e "Dinheiro", entre outras funções. Escreve aos sábados para a Folha.com.

Salve-se quem puder!

O mundo tá ficando louco e deixando a maioria de nós mais loucos ainda.
Quem mora em São Paulo reclama do trânsito, da poluição e da violência.
Quem mora no litoral reclama da poluição, da violência e do trânsito caótico em fins de semana e temporada.
Quem precisa do SUS para ter assistência médico hospitalar está perdido lá e aqui, porque os maiores ladrões estão em Brasília e o que chega em São Paulo não desce a serra.
Falta educação para quem deveria educar. Grande parte Dos professores são fracos, porque não tiveram boa educação nem na escola  nem em casa.
A maioria dos pais que agridem seus filhos o fazem porque cansaram de apanhar quando crianças.
Ninguém gosta de favela. Mas se não há casa para todo mundo deveríamos fazer campanha pela maternidade consciente.
Como fazer isso se a grande parte  da molecada é de filhos das putas, netos das putas e serão potencialmente putas.
Salve-se quem puder!
Enquanto os politicamente corretos ficarem horrorizados com a constatação de que a maioria da população é de pobres, putas e pretos e espinafrarem todo e qualquer preconceito só no papel, deixarão grande espaço para os falsos políticos de plantão.
Eu não deveria falar:- Salve-se quem puder.
É isso mesmo o que todo mundo já vem fazendo e jogando o lixo para baixo dos tapetes e para dentro da política.
Mas logo vai faltar JUSTIÇA até para os espertos.
Quem viver verá... e aí em vez de salve-se quem puder, vai ser um DEUS NOS ACUDA !!!

sábado, 17 de março de 2012

A cidadania deveria espelhar-se na fábula do cavalo e do lobo.

O cavalo e o lobo

 Um lobo faminto vagava pelo campo, quando avistou um belo cavalo.
E pensou em devorá-lo; mas o cavalo era forte, e ele...fraquinho... pois quinze dias de jejum dão cabo do mais valente.
Recorreu, pois, à astúcia.
Aproximou-se, e ofereceu os seus serviços, dizendo que, como médico que era, estudara botânica, e podia mostrar-lhe das ervas da campina em que pastava quais as boas, quais as que lhe podiam fazer mal.
Ah meu amigo, disse-lhe o cavalo, chegaste bem a tempo; não preciso conselho a respeito de plantas porque só como capim, porém para curar-me de grave incômodo; há dias machuquei uma pata, a traseira e parece que  está formando um tumor; dá para você examinar? 
Então levantou a pata, e assentou-lhe um formidável coice que lhe quebrou o queixo.
MORAL: Se todos os lobos charlatães encontrassem cavalos como o desta fábula, não veríamos o triunfo de tanta impostura.
Se todos os cidadãos escoiceassem os políticos corruptos nós teríamos muito mais progresso.


domingo, 11 de março de 2012

Feliz por nada.


Todo mundo está querendo ser feliz e tem gente que aproveita e escreve que devemos ser felizes por isso, por aquilo, por tudo ou por nada mesmo.
Daqui a pouco os entendido vão criar a síndrome da felicidade.
O sujeito vai ter que fazer análise e tomar remédio porque está feliz demais.

Morreu. Fedeu!


Lembro-me do nem tão velho avô Pacheco, que morreu nos anos 60. 
Filho de portugueses, com um grande coração de homem rude, quando ouvia o comentário de que alguém havia morrido logo soltava a perola. Morreu fedeu.
Sei lá porque cargas d’água, quando eu almoçava na casa dele ele sempre perguntava:- Mais um bife? E eu educadamente agradecia. –Não obrigado. E ele retrucava: - Mais fica.
Como se vê, ficaram essas lembranças que com a aparência de rudes explicavam ao neto, as verdades da vida com poucas palavras.
Morreu. Fedeu!

Mudei para um apartamento menor.

Tem gente mudando para maior.
Peito maior, apartamento maior, carro  maior...
Peitos e pintos. Maiores.
Tem gente que cada vez que muda para maior, fica menos e  menor.
Menos perto dos amigos e parentes, maiores de corpo e menores de alma.
Não mude para maior. Mude para melhor, mesmo que seja menor.
Quem aproveita melhor os espaços físicos e da alma fica cada vez maior.
Perante Deus e os amigos

sexta-feira, 2 de março de 2012

Deus não demora. Ele capricha.


Já tive muitas oportunidades de comprovar que as minhas dúvidas a respeito da bondade divina são infundadas.
Somos mortais e imperfeitos. Gostaríamos que a felicidade, o sucesso e a saúde estivessem sempre presentes.
O catolicismo está cheio de mistérios e não cabe a nós entendê-los nem  explicá-los. Se um pai diz ao seu  filho que ele faça  e de que forma deve fazê-lo, o importante é que a tarefa seja feita.
Conheço pouco as religiões, mas a honestidade, a bondade, o respeito ao próximo e outras virtudes fazem parte de todas as religiões.
Assim deve ser. Deveríamos pautar nossa vida dentro dos princípios básicos de qualquer religião e estaríamos , certamente ouvindo a Deus e vivendo de acordo com os seus princípios.
Porque então existem as desgraças, as calamidades, a doença, a pobreza extrema, as guerras e a ignorância que leva os homens até a matarem uns aos outros?
Eu não sei e temo que ninguém realmente saiba. Pode ser o pecado, o castigo ou a qualquer outro defeito já que somos imperfeitos.
As palavras, os depoimentos, tem maior ou menor valor de acordo com quem os faz.
O depoimento de algumas pessoas como o dos incapazes, têm pouco ou nenhum valor.
Gostaria que cada um que lesse esse meu depoimento desse a ele, o valor que me possam creditar, e que o usem da melhor forma possível, para suas próprias dúvidas e aflições.
Deus existe! As coisas de Deus têm a sua própria razão e o seu tempo. Acredite nisso e pratique a bondade.
Deus não demora. Ele capricha.












Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI