CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

domingo, 25 de dezembro de 2011

Pode enrolar mas não pode acender agora!!!





Em  2.011 a ultima porção de  coragem da Prefeita acabou.
Ela está frita!!!
Medidas “para inglês ver” são comuns no Guarujá onde, segundo a administração, “vai poder vender fritura, mas  não vai poder fritar na praia.”
Depois de enrolar mais de um ano, a administração da Professora ensinou que a Lei que proíbe fritar alimentos na praia é só para constar.
Fritou o secretário que quis moralizar a coisa e preferiu ficar, como todas as administrações anteriores, com a desculpa fácil de que não tem fiscais suficientes para coibir as ilegalidades.
Houvesse  uma única apreensão, dos gigantescos taxos para fritar toda aquela comida, talvez a gente acreditasse.
A fritura continua sendo feita  nas cozinhas ao ar livre que se tornaram as barracas e quiosques do Guarujá.
O cheiro proveniente do óleo reaproveitado  incomoda quem está na praia,pedestres nas calçadas e até quem mora em frente.
Se por um lado nem a lei, nem os TACs (Termos de Ajustamento de Conduta) assinados com o Ministério Público, estão sendo cumpridos, os barraqueiros estão cada vez mais ousados. Dezenas de crianças e adolescentes ficam nas ruas próximas das barracas, a 100 metros ou mais, abordando quem está chegando a pé, de automóvel ou moto, oferecendo o cardápio e  a possibilidade de usar cadeiras e mesas em péssimas condições e total falta de limpeza, ilegalmente colocadas ao lado dessas barracas.
O slogan de toda a campanha da prefeita foi “coragem para mudar”. Até hoje ela usa, inclusive no twitter mas, segundo analistas políticos, a coragem da prefeita acabou.
As pesquisas mostraram que a simpatia inicial e a falta de rejeição que a elegeram num pleito fácil foram para o ralo, junto com a crença de que ela faria uma administração legalista.
Ganhou porque disputou com o ex, Farid Madi, já na época moribundo, abandonado pelos seus colaboradores mais próximos que perceberam antes dele o desastre iminente.
A maioria dos jornalecos do Guarujá aceitam o “cala boca”. Entretanto os processos a que a prefeita responde, nas mais diversas esferas, mostram que essa é mais uma Administração que  não vai reconduzir a Pérola do Atlântico a jóia do turismo de bom padrão.
Guarujá continuará a ser uma bijuteria de má qualidade, segundo o critério de escolha dos brasileiros, que  preferem quatro a oito dias num navio com todas as facilidades, ou as sofisticadas praias do sul e do nordeste do que o Guarujá, cidade de praias lindas mas onde o atendimento ao turista e veranista é a da pior qualidade.
Além dos assaltos propriamente ditos o turista é “assaltado” por muitos barraqueiros e quiosqueiros que fornecem péssimos alimentos  e bebidas a preços exorbitantes.
É voz corrente em todos os bairros da cidade, mesmo nos mais pobres, que a professora esqueceu o seu slogan de coragem para mudar.
Alguns ousam até dizer que ela esqueceu suas origens tão rápido quanto trocar de roupas, carro ou de moradia.
Segundo  pesquisas a prefeita só tapou buracos, pintou faixas e alardeou na imprensa acontecimentos menores como se fossem grandes façanhas.
Na praia de Pitangueiras a prefeita trouxe de volta um parquinho com meia dúzia de brinquedos e no mirante do Sobre as Ondas fez uma academia para a terceira idade.
Não vamos  criticar essas pequenas obras. Melhor fazer pequenas coisas do que não fazer nada como os últimos prefeitos. Só vamos ficar atentos e com a máquina fotográfica pronta, para ver qual  vai ser o uso desses equipamentos e quanto tempo vão durar.
Apesar dos pesares, Guarujá tem e vai continuar a ter suas vantagens e encantos. Segundo um dos seus moradores  ilustres e defensor de todas as horas,o empresário Caio Borges, “Guarujá continua a ser o melhor lugar ruim do mundo para se morar.”

Nenhum comentário:

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI