CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA à MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO MUNDO

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Vencer a inveja e a maldade

É prudente desprezar a inveja, mas a indiferença não vale o mesmo que a gentileza. Não há aplausos suficientes para quem fala bem daquele que fala mal. Não há vingança mais nobre que vencer a inveja com méritos e qualidades. Cada sucesso aumenta o tormento do invejoso. Para o rival a glória do outro é um inferno. Este é o maior castigo: fazer da sua felicidade um veneno para o adversário.
O invejoso não morre uma vez só, mas tantas quanto o invejado for aplaudido.
A eternidade da fama de um compete com a dor do outro: os dois são imortais, aquele nas suas glórias e este nas suas penas.
O clarim da fama soa para anunciar a imortalidade de um e divulga a morte do outro, condenando-o à forca da inveja.

Baltasar Gracián

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Cabo Frio...Lindas Praias e Natalha

clique na foto para ampliarNatalha tem 19 anos, 1:72 m ,60 kgs, cara de menina, corpão de moça e muita vontade de vencer como modelo. Biquinis Guarujá já escolheu a Natalha para ser a próxima garota do nosso site www.biquinisguaruja.com.br

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Modelos que desfilam biquinis




 O que se deve levar em conta na hora de avaliar um desfile de moda? As roupas que os estilistas estão apresentando ou o corpo das modelos? Os meses de trabalho duro do estilista, suas idéias para a próxima estação ou as celulites, gordurinhas e demais “imperfeições” das modelos? São perguntas difíceis porque temos que admitir que é praticamente impossível não reparar nos corpos que desfilam pela passarela, afinal de contas, os modelos são pagos para mostrarem e divulgarem, não somente as roupas dos estilistas, mas também uma boa aparência. O fato é que o mercado da moda exige que os modelos sejam magros para que eles possam caber em todas as roupas, obviamente. A que ponto a pressão pela magreza afeta a auto-estima e a vida de uma pessoa? Na semana passada, durante o São Paulo Fashion Week, uma polemica tomou conta do maior evento de moda da América Latina. Toda a atenção se voltou para a modelo tcheca Karolina Kurkova, uma das Angels da Victoria Secret”s, que fatura milhões de dólares por ano e que desfilou com exclusividade para a grife Cia. Marítima. A modelo desfilou, realmente, uma silhueta diferente da que todos os fashionistas e jornalistas de moda estão acostumados a ver numa passarela. Karolina foi massacrada pela mídia. Isso aconteceu com uma top veterana, e quando isso acontece com as iniciantes, que são geralmente adolescentes? 100% delas sofrem de ansiedade e 92% tem problemas alimentares, segundo uma pesquisa divulgada pelo psicólogo e psicoterapeuta da Universidade de São Paulo e que trabalha com modelos, dr. Marco Antonio De Tommaso. “Essas meninas já sofrem com o stress natural das variações de uma vida de modelo. Sair de casa muito cedo, deixar a família, mudar de cidade, a ansiedade para ser aceita em um trabalho e para ganhar dinheiro são algumas delas. E além da pressão do mundo da moda tem a pressão da própria família, que acha que a vida de modelo é só glamour”, explica ele. Tommaso realizou, entre 2006 e 2007, um levantamento com 100 modelos selecionadas aleatoriamente. 40 eram iniciantes, 40 intermediárias e 20 modelos tops, de acordo com a classificação de suas agências. A faixa etária era de 13 a 30 anos. “Todas elas se sentem um pouco Karolina Kurkova”, diz Tommaso, se referindo as críticas que a modelo tcheca recebeu. Mas para trabalhar no mundo da moda, os especialistas da área afirmam: ser alta, magra e bela é um dos pré-requisitos para se ser uma modelo profissional de sucesso. “Quando você está nessa profissão, você tem que ter certos cuidados com a aparência. Afinal, o seu corpo e o seu rosto são seus instrumentos de trabalho”, afirma a jornalista e organizadora de eventos de moda, Nereide Michel. “A profissão de modelo exige que a pessoa esteja em boa forma física, para dar uma boa impressão. Isso é uma pré-requisito da profissão, como em qualquer outra. Para você ser um médico, por exemplo, você também precisa ter alguns pré-requisitos específicos”, afirma Nereide, que esclarece que a modelo muito magra e com os ossos aparecendo, também não é a aparência ideal porque não parece saudável. “Eu vi a Karolina (Kurkova) há cinco anos atrás, quando ela desfilou para a Cia. Marítima no São Paulo Fashion Week. Ela foi ovacionada porque estava com um corpo incrível. Dessa vez, ela realmente está acima do peso para uma top model do nível dela. Eu não sei o que aconteceu, ela deve estar em um mau momento na sua vida”, comenta André Azevedo, produtor de moda e artista plástico. “Se fosse eu que estivesse produzindo o desfile da Cia. Marítima, não teria deixado ela desfilar de biquíni. Teria colocado uma roupa nela para dar uma disfarçada”, conta. As perguntas que ficam é se a pressão e as exigências para as meninas estarem dentro desse padrão de beleza da moda, não acabam causando problemas de auto-estima ou alimentares, como anorexia e bulemia. André, que trabalhou dez anos na Ford Models, uma das principais agencias de modelo do mundo, afirma que as agencias se preocupam sim com a saúde das modelos. “Na Ford Models, elas recebem constantemente um acompanhamento nutricional, médico e psicológico. E se recomenda que a família também acompanhe sempre, principalmente as modelos em início de carreira”, diz ele. “O mercado da moda como um todo, exige modelos de aparência saudável, que tenham cuidado com a alimentação e façam exercícios físicos. O que a pessoas não entendem é porque algumas modelos são tão magras. Mas isso vem um pouco da genética da pessoa e a maioria é muito jovem, quando você é jovem é mais fácil ser magro. Tem muita modelo que come um monte”, afirma André, que cita a top Gisele Bündchen como uma delas. Inclusive, Gisele é referencia para o dr. Tommaso também. Segundo ele, a top tem personalidade forte, o que é muito importante para aguentar os “trancos” e a rejeição, normais no início de qualquer profissão. “Nem todas as meninas tem a determinação e a autoconfiança que a Gisele Bündchen teve no início da carreira. A Gisele ficou nove meses sendo rejeitada e ouvindo que era nariguda, e nunca desistiu.”

A Maria viaja... com Amaury Jr,


Com o cachê de A fazenda 2, Maria João, repórter de Amaury Jr , comprou um imóvel no Ibirapuera, em São Paulo. E quando sair, ela já tem emprego garantido. O quadro A Maria viaja foi comprado por Amaury e tem estreia programada para 2010.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Biquinis no Guarujá e na Loja virtual




Guarujá nunca mais será a mesma depois do verão 2010.
Os biquinis Helô Pinheiro, Garota de Ipanema,Líquido e Biquini Brasil serão comercializados em duas lojas no Guarujá a preços de atacado. Loja 1 Rua Mário Ribeiro 369 loja 25, Guarujá Center Shopping- Telefone )13)3386-2744 e loja 2 na Rua Petrópolis 31 loja 5 sobre-loja Telefone (13_9713-2020. 
Na loja virtual em www.biquinisatacado.com

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Adriana Haider e Gilberto Haider

O Hotel e Spa Casa Grande, no Guarujá em São Paulo, emprestou toda sua elegância e sofisticação ao catálogo e à campanha publicitária do alto verão, da grife feminina especializada em tamanhos grandes, a Palank Fashion. 

Sob as lentes do experiente Gilberto Haider a modelo Denise Gimenez posou com as peças da estação. O make-up, assim como os cabelos ficaram a cargo de Adriana Haider, produção de Myrna Nascimento, com styling de Mônica Angel.

Foram vários maiôs, biquinis e saídas de praia, além de vestidos florais longos, com o look do momento. Tiveram destaque ainda as roupas com inspiração étnica, camisas com detalhes de dobraduras e, antecipando o xadrez do inverno, alguns vestidos de tafetá, assim como peças brancas, especialmente para o reveillon.

A bela Denise amou tudo e separou inúmeras peças para ter em seu próprio guarda-roupa. "As roupas da Palank são charmosas, elegantes e não ficam nada a dever a grifes estrangeiras; adoro vesti-las, elas me fazem sentir muito bem, glamourosa e antenada com todas as tendências", exaltou Denise. 

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Helô Pinheiro a eterna Garota de Ipanema com Fernando e Fernandinho Pinheiro vendendo os biquinis na Chiquita Bacana do Guarujá

Desde 08 de novembro de 2009 a Garota de Ipanema Helô Pinheiro tem os biquinis, cangas e moda praia comercializados pela Chiquita Bacana do Guarujá (Rua Mário Ribeiro 360 Loja 25 Telefone (13)3386-2744. Muitas peças também estão sendo comercializadas na Loja virtual www.biquinisatacado.com
O ecritório de Assessoria de Marketing e Imprensa Marinho Guzman está fazendo a aproximação de interessados em licenciar a marca Helô Pinheiro e Garota de Ipanema.

domingo, 13 de setembro de 2009

Capa da Revista AT número 250 com as finalistas da Garota AT 2009/2010

Clique nas fotos para ampliar

Akemi Furtado,Amanda Ramires,Ana Freire,Barbara Weiser,Beatriz Palvo,Camila Karam,Carolina Almeida,Débora Sanseverino ,Flavia Martins,Laís Bitencourt,Marcela Solano,Mila Asbahr,Nathalia Luani,Nayane Amaral,Raphaella Lourenço

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Jamais lute com um inimigo que não existe. Eu não sou seu inimigo!

Para enfeitar a coluna a modelo Paula.


Jamais lute com um inimigo que não existe. Eu não sou seu inimigo!

Ao ouvir isso, o leão caiu em si e começou a estudar as características do rio. Logo achou um ponto onde a correnteza empurrava rumo à margem oposta. Ele tinha de usar a correnteza a seu favor e não contra. Assim, mergulhou novamente na água e desta vez conseguiu boiar até a outra margem…


(autoria desconhecida)

domingo, 26 de julho de 2009

Fábulas de formiga...

FORMIGA 1


Certo dia alguém ao passar por uma estrada de ferro viu uma formiga SAUVA,

sem a bunda, e chorando desesperadamente.

Então esse alguém lhe perguntou:

- Que aconteceu dona formiga?

- Eu estava descansando sentada no trilho, quando veio um trem e cortou a

minha bunda, respondeu a formiga.

Então esse alguém deu-lhe uma sugestão:

- Volta lá e procura a sua bunda, quem sabe ela está lá ainda inteira e você

consiga enxertá-la novamente.

- A formiga então voltou e começou a andar pelo trilho, quando veio um outro

trem, e passou por cima de sua cabeça.

Moral da História: "Não perca a cabeça por causa de uma bunda."


FORMIGA 2

Um certo dia a formiguinha estava atolada na areia movediça, quase morrendo. O elefante avista a cena e tenta a todo custo salvá-la. Joga a pata e ela não consegue alcança-la. Joga a tromba e nada.Joga o rabinho e nada... Então ele pensou: Vou jogar a maior parte do meu corpo: o meu pintão.

Dito e feito: o elefante jogou seu pintão e a formiguinha foi escalando, escalando

e salvou-se, ficando eternamente grata ao elefantinho. Muito tempo se

passou, a formiguinha foi para Wall Street, ganhou dinheiro na bolsa, ficou

milionária e pensou:

- "Vou visitar os parentes".

Pegou então sua Cherokee e saiu pilotando por ai. Eis que avista o elefante

na mesma cena em que um dia ela se encontrava: atolado na areia movediça.

Foi lá avidamente salvar seu amiguinho. Jogou a patinha e nada de alcançar o

elefantinho. Jogou a bundinha e nada. Jogou a anteninha e nada .. Correu

para sua Cherokee e pegou seu enorme cabo de aço, jogou para o elefante,

amarrou-o e saiu acelerando, salvando finalmente seu amiguinho.

Moral da história: "Quem tem carro importado não precisa ter pinto grande."


FORMIGA 3

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas.

Durante todo o outono,a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno.

Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do bate papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha.

Seu nome era "trabalho" e seu sobrenome "sempre".

Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da

cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou durante todo o outono,

dançou, aproveitou o sol, curtiu para valer sem se preocupar com o inverno

que estava por vir. Então, passados alguns dias, começou a esfriar.

Era o

inverno que estava começando. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar,

entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém

chamava por seu nome do lado de fora da boca.

Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu: sua amiga cigarra estava dentro de

uma Ferrari com um aconchegante casaco de vison. E a cigarra disse para a

formiguinha:

- Olá amiga, vou passar o inverno em Paris. Será que você poderia cuidar da

minha toca? E a formiguinha respondeu:

- Claro, sem problemas ! Mas o que lhe aconteceu ? Como você conseguiu

dinheiro para ir a Paris e comprar esta Ferrari?

E a cigarra respondeu:

- Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um

produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer

shows em Paris... A propósito, a amiga deseja algo de lá ?

Respondeu a formiguinha:

- Desejo sim. Se você encontrar um tal de La Fontaine (autor da fábula

original) por lá, manda ele ir para a PUTA QUE O PARIU!!!

Moral da história: "Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois

trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão."

Pirâmide financeira dá prejuízo!

Clique na foto para ampliar

m demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão."

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O Editor do blog foi ao GP de Mônaco com viagem patrocinada pela Microlite World Brasil


clique nas fotos para ampliarRelembrando o GP de Mônaco 2009, agradecimentos ao nosso patrocinador Microlite, a melhor cera líquida para veículos do mundo.

Antipatia, falta de critério,falta de informação.Shopping Iguatemi e Raul's

Clique na foto para ampliar

Sou cliente do Shopping Iguatemi desde que me conheço por gente.
Tendo vivido muitos anos no Jardim Paulista em São Paulo e faz tempo no Guarujá, nunca deixei de frequentar e fazer compras nas lojas desse Shopping.
Minha decepção com o acontecido é do tamanho da satisfação que sempre tive nesse Shopping.
Ao sacar meu celular para fazer uma foto dessa boneca em frente à loja Raul's, fui advertido e admoestado pelo segurança que com a voz de uma autoridade que ele não tem, tentou impedir que eu fizesse a foto.
Fotografei porque achei original e queria ter no meu arquivo de milhares de fotos, seja com câmeras profissionais seja com meu celular.
Não posso acreditar que eu não possa fazer esse tipo de foto, que alguma lei ou regulamento disso me impeçam.
Nem vou me dar ao trabalho de saber porque esse segurança agiu dessa forma.
Isso é problema desse Shopping e restou apra mim uma insatisfação que vai fazer com que eu lembre por muito tempo e partilhe com muitos, especialmente com o alcance dos blogs e da internet, essa advertência e admoestação de um segurança para com um cliente.
Pena...com essa orientação o shopping e a loja só vão granjear antipatia.

domingo, 12 de julho de 2009

Antipatia, falta de critério,falta de informação.Shopping Iguatemi e Raul's

Clique na foto para ampliar
Sou cliente do Shopping Iguatemi desde que me conheço por gente.
Tendo vivido muitos anos no Jardim Paulista em São Paulo e faz tempo no Guarujá, nunca deixei de frequentar e fazer compras nas lojas desse Shopping.
Minha decepção com o acontecido é do tamanho da satisfação que sempre tive nesse Shopping.
Ao sacar meu celular para fazer uma foto dessa boneca em frente à loja Raul's, fui advertido e admoestado pelo segurança que com a voz de uma autoridade que ele não tem, tentou impedir que eu fizesse a foto.
Fotografei porque achei original e queria ter no meu arquivo de milhares de fotos, seja com câmeras profissionais seja com meu celular.
Não posso acreditar que eu não possa fazer esse tipo de foto, que alguma lei ou regulamento disso me impeçam.
Nem vou me dar ao trabalho de saber porque esse segurança agiu dessa forma.
Isso é problema desse Shopping e restou apra mim uma insatisfação que vai fazer com que eu lembre por muito tempo e partilhe com muitos, especialmente com o alcance dos blogs e da internet, essa advertência e admoestação de um segurança para com um cliente.
Pena...com essa orientação o shopping e a loja só vão granjear antipatia.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Mensagem positiva.


Patrícia
25 anos,
1,65m,
50kg,
88cm busto,
66cm cintura,
94cm quadril,
Manequim 38,
Calçado: 36,

A mensagem positiva logo de manhã é um estimulo que pode mudar o seu humor, fortalecendo sua autoconfiança. Com este pensamento positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos.
Não deixe portanto que nada afete seu espírito. Envolva-se pela música, ouça, cante e comece a sorrir mais cedo.
Ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia.
O bom humor é contagiante, espalhe-o, fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, de amor. Não se lamente!
Ajude as outras pessoas a perceberem o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas ou vazias. Cultive seu interior. Extraia o máximo de pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas.
Repense os valores e dê a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que faz.
Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da missão cumprida. Lembre-se de que nem todos
tem a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere o melhor. Transforme seus movimentos em oportunidade.
Veja o lado positivo das coisas e assim tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Sinta entusiasmo com o sucesso alheio, como seria com o seu próprio.

Autor desconhecido

domingo, 5 de julho de 2009

Michelle para o nosso blog


Clique na foto para ampliar


Frases de Maquiavel

Nada é mais difícil de executar, mais duvidoso de ter êxito ou mais perigoso de manejar do que dar início a uma nova ordem de coisas. O reformador tem inimigos em todos os que lucram com a velha ordem e apenas defensores tépidos nos que lucrariam com a nova ordem;


Os preconceitos têm mais raízes do que os princípio;

Nenhum indício melhor se pode ter a respeito de um homem do que a companhia que freqüenta: o que tem companheiros decentes e honestos adquire, merecidamente, bom nome, porque é impossível que não tenha alguma semelhança com eles;

Nada faz o homem morrer tão contente quanto o recordar-se de que nunca ofendeu ninguém, mas, antes, beneficiou a todos;


O homem que tenta ser bom o tempo todo está fadado à ruína entre os inúmeros outros que não são bons;


Todos vêem aquilo que pareces, poucos sentem o que és;


Na medida em que o soberano legítimo tem menos necessidades de ofender seus súditos, é natural que seja por estes mais querido; e, se não tem defeitos extraordinários que o tornem odiado, é perfeitamente natural que o povo lhe queira bem.

Assinatura de contrato com testemunhas.

Clique na foto para ampliar

sábado, 4 de julho de 2009

Os meninos-lobo

Os meninos-lobo


Cláudio de Moura Castro


Publicado na revista Veja edição 2120 de 8 de julho de 2.009


"Nossa juventude estará mal preparada para a sociedade civilizada se insistirmos em uma educação que produz uma competência linguística pouco melhor do que a de meninos-lobo"

No velho conto de Rudyard Kipling Mogli, o Menino-Lobo, o autor descreve uma criança que, adotada por uma loba, cresce sem jamais haver usado uma só palavra humana, até ser encontrada e se integrar à sociedade. O conto é atraente, mas cientificamente absurdo. Porém, houve outros casos, supostamente reais, de crianças criadas por animais. E também casos reais (até recentes) de crianças que cresceram isoladas e sem oportunidades de aprender a falar.


Faz tempo, meninos-lobo e outros jovens criados sem interação humana despertaram o interesse da psicologia cognitiva e da linguística. A razão é que seriam um experimento natural que permitiria responder a uma pergunta crucial: esses jovens, sem conhecer palavras, poderiam pensar como os demais humanos?


A questão em pauta era decidir se pensamos porque temos palavras ou se seria possível pensar sem elas. Como os meninos-lobo não conheciam palavras, se podiam pensar, teria de ser sem elas. Nos diferentes casos de crianças criadas em isolamento, ficou clara a enorme dificuldade de ajustamento que elas encontraram ao ser reabsorvidas pela sociedade. Muitas jamais se ajustaram, fosse pelo trauma do isolamento, fosse pela impossibilidade de pensar humanamente sem palavras. Mas o fato é que não desenvolveram um raciocínio (abstrato) classicamente humano.


O interesse pelos meninos-lobo feneceu. Mas se aprendeu muito desde então, e hoje não se acredita que o pensamento sem palavras seja possível – pelo menos, o pensamento simbólico que é a marca dos seres humanos. Ou seja, Mogli não seria capaz de pensar.


"Vivemos em um mundo de palavras", diz o celebrado antropólogo Richard Leakey. "Nossos pensamentos, o mundo de nossa imaginação, nossas comunicações e nossa rica cultura são tecidos nos teares da linguagem... A linguagem é o nosso meio... É a linguagem que separa os humanos do resto da natureza." Para o neuropaleontólogo Harry Jerison, precisamos de um cérebro grande (três vezes maior do que o de outros primatas) para lidar com as exigências da linguagem.


Portanto, se pensamos com palavras e com as conexões entre elas, a nossa capacidade de usar palavras tem muito a ver com a nossa capacidade de pensar. Dito de outra forma, pensar bem é o resultado de saber lidar com palavras e com a sintaxe que conecta uma com a outra. O psicólogo Howard Gardner, com sua tese sobre as múltiplas inteligências, talvez diga que Garrincha tinha uma "inteligência futebolística" que não transitava por palavras. Mas grande parte do nosso mundo moderno requer a inteligência que se estrutura por intermédio das palavras. Quem não aprendeu bem a usar palavras não sabe pensar. No limite, quem sabe poucas palavras ou as usa mal tem um pensamento encolhido.


Talvez veredicto mais brutal sobre o assunto tenha sido oferecido pelo filósofo Ludwig Wittgenstein: "Os limites da minha linguagem são também os limites do meu pensamento". Simplificando um pouco, o bem pensar quase que se confunde com a competência de bem usar as palavras. Nesse particular não temos dúvidas: a educação tem muitíssimo a ver com o desenvolvimento da nossa capacidade de usar a linguagem. Portanto, o bom ensino tem como alvo número 1 a competência linguística.


Pelos testes do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), na 4ª série 50% dos brasileiros são funcionalmente analfabetos. Segundo o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), a capacidade linguística do aluno brasileiro corresponde à de um europeu com quatro anos a menos de escolaridade. Sendo assim, o nosso processo educativo deve se preocupar centralmente com as falhas na capacidade de compreensão e expressão verbal dos alunos.


Ao estudar a Inconfidência Mineira, a teoria da evolução das espécies ou os afluentes do Amazonas, o aprendizado mais importante se dá no manejo da língua. É ler com fluência e entender o que está escrito. É expressar-se por escrito com precisão e elegância. É transitar na relação rigorosa entre palavras e significados.



No conto, Mogli se ajustou à vida civilizada. Infelizmente para nós, Kipling estava cientificamente errado. Nossa juventude estará mal preparada para a sociedade civilizada se insistirmos em uma educação que produz uma competência linguística pouco melhor do que a de meninos-lobo.

Por que aceitamos a pecha de país de pretos, pobres e putas.

O Brasil é ainda hoje um dos 10 países com o maior número de analfabetos do mundo. Posso estar errado nessa classificação e em outras informações numéricas, que não comprometerão, espero, o raciocínio do texto.
Livros escolares da minha infância ensinavam que a população do Brasil era composta, em sua maioria, de brancos, pretos e índios, que geravam mulatos, caboclos, cafusos, caborés, etc.
Hoje temos grande quantidade de asiáticos, que colaboram com a miscigenação do nosso povo que e que com o clima tropical produzem os ditos negros, mulatos e principalmente as mulatas.
Não há estatísticas confiáveis, a respeito da prostituição no Brasil, sendo certo que os números preocupam, especialmente pelo atrativo que as belas mulatas causam no povo europeu, vide os programas especiais de todas as televisões.
Não há filme, brasileiro, pornográfico ou não, que não faça grande alarde do trio do título.
Recentemente a HBO, num programa que é transmitido para todo o mundo, diz que a indústria de filmes pornográficos no Brasil fatura cerca de 200 milhões de dólares anualmente.
Sabem o que tem nesses filmes? Além do óbvio, é claro, mulatas, pobres e putas. Algumas vezes eles colocam um negrão bem dotado, nunca dono de um belo apartamento e se ele estiver saindo de um belo carrão, certamente é o motorista ou está amarrado no porta-malas.
Recentemente tive notícias de que um pessoal está fazendo um filme no Guarujá, patrocinado pela Associação Comercial, pela Prefeitura Municipal e por alguns comerciantes. O título? Gari.
Estou aguardando ansiosamente o desenrolar dos fatos para assistir e comentar o filme, ver a qualidade da produção e poder comentar se tem valor moral apregoado ou só violência e nudez gratuita.
Mas voltando à pecha de país de pretos, pobres e putas, com a qual não me conformo, haja visto ter vários amigos negros, empresários de sucesso, amigas mulatas que não são putas e que a maioria dos meus amigos não pode ser considerada de ricos, fico me perguntando o que fazer para não ser questionado nas minhas viagens a respeito desse trio e do turismo sexual, cuja divulgação se espalha por todo o mundo.
A resposta para todos os problemas do Brasil está na educação.
Com índice de analfabetismo gigante, com a maior parte dos alfabetizados tendo apenas o curso fundamental, ou nem isso, certamente será difícil conscientizar o exercício da cidadania que permitirá que as mulheres não se prostituam que os pobres tenham acesso aos bens materiais,que os transformem em cidadãos de verdade e que os negros se espelhem em figuras como o ídolo e esportista negro mais conhecido no mundo que está mais preocupado com verdades absolutas, do que ser chamado de negão e ameaçar processar por racismo.
Não se deve avaliar o individuo pela cor da pele. Mas o que esse individuo faz para valorizar ou desvalorizar os da sua raça.
Quando se percebe, que as páginas policiais estão repletas uma maioria significativa de uma raça, é hora de acabar com o proselitismo e colocar mãos à obra, para acabar com o analfabetismo moral dos “Dadas” da vida.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Cuidando da própria vida

Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.

Provérbio chinês

Nunca é tarde para aprender, mas, cachorro velho dificilmente aprende truque novo.

Nunca se recupera o tempo perdido.

Não pense jamais que você fará um dia, tudo o que deixou de fazer no tempo certo.

Algumas vezes é preciso parar, dar uma pausa para poder refletir a respeito de um assunto.

Nos últimos dias, o assunto que me intrigou foi o despeito, a inveja, a revolta que algumas pessoas tem por não ter alguma coisa ou não serem alguém, alguma pessoa de sucesso, ou feliz com o sucesso que ela alcançou.

Outros, atacam os filhos para atingirem os pais, numa clara demonstração de que não conhecem a teoria da individualização das penas, com a punição de acordo com o crime e o grau de envolvimento dos participantes.

Assim, alguém que tenha excedido uma quota de dez mil reais em dinheiro, para viajar, é confundido com seu pai que roubou, dizem, milhões de reais.

Todos os dias, dezenas ou centenas de pessoas viajam com seus cartões de crédito, que permitem sacar no exterior qualquer importância em dinheiro que tenham em sua conta no Brasil, isso sem falar que basta ir ao Banco do Brasil e fazer remessa de qualquer importância, para qualquer lugar do mundo. Essa é a regra, essa é a lei.

Infligir tal sofrimento ao pai, nesse caso, deixa de ser castigo merecido por cada pessoa, para ser simplesmente uma vingança desproporcional a cada uma delas, pelo crime que tenham cometido.

Meia dúzia indivíduos, dessa comunidade, alega que o conhecimento e os estudos não fabricam o caráter.

Eu também acho.

Mas, certamente é preciso conhecer os princípios gerais do direito, da moral e da ética para poder fazer uma avaliação individual dos fatos que cercam as atitudes dos outros e saber que somente após o julgamento é que há condenação.

Prova da ignorância do direito, é a certeza que tem certos indivíduos, do direito à expropriação da propriedade privada, pela força, e da manutenção de certos privilégios ilegais, como os quiosques simplesmente porque são pobres ou estão desempregados.

Só a ignorância do direito de da moral, permitem essas aberrações, que em outras épocas eram restritas à tomada dos bens, dos vencidos nas guerras.

Algumas pessoas alimentam grande revolta contra quem nem mesmo conhecem, pelo simples complexo de inferioridade que tem.

Outras, nem coragem tem para externar esse complexo e pegam carona em discussões, deturpando palavras, insuflando ódios e mascarando a sua doença numa pretensa defesa de alguma causa.

Vi gente dizendo que algumas pessoas atacam a atual administração por não terem conseguido uma “boquinha”.

Me pergunto, porque fazem essa defesa? Por ter uma boquinha, ou por acharem que a atual administração está cumprindo seu papel na gerencia da cidade.

Acusações de lado a lado, as imagens da cidade vão sendo colocadas na internet, numa prova inexorável desse tempo, dessa administração.

“Falar da vida alheia nada mais é que uma tentativa de esquecer um pouco que a própria vida é uma porcaria.”

Tem um ditado que se cada um se preocupasse com a sua própria trepada o desempenho seria melhor.

Quanto mais conheço as pessoas, acredito que, quem se preocupa com a vida alheia é porque não encontra na sua, assunto suficiente para preencher seus próprios pensamentos.

Vai daí que continuarei a não discutir com ignorantes, incultos e portadores de complexo de inferioridade, com a certeza de que há coisa melhor para fazer do que discutir a infeliz vida de pobreza moral, cultural e ética de quem não sabe o que isso é e representa.


MG publicado em Guarujá em Debate 2 de junho de 2009

quinta-feira, 2 de julho de 2009


Um pouco de humor não faz mal a ninguém‏
De:Taturana
Enviada:quarta-feira, 1 de julho de 2009 21:28:00
Para:falecomodono@hotmail.com
TATU, GOSTARIA MUUUUUITO Q. VC. COLOCASSE NO SEU BLOG ESSE TEXTO DE LUÍZ FERNANDO VERÍSSIMO, POIS, ÀS VEZES, É PRECISO DE UM POUCO DE HUMOR.
BJOCAS

E tudo mudou...
Luiz Fernando Veríssimo

O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss
O rímel virou máscara incolor
A Lycra virou stretch
Anabela virou plataforma

O corpete virou porta-seios
Que virou sutiã
Que virou lib
Que virou silicone

A peruca virou aplique, interlace,
megahair, alongamento
A escova virou chapinha
"Problemas de moça" viraram TPM
Confete virou MM
A crise de nervos virou estresse
A chita virou viscose.

A purpurina virou gliter
A brilhantina virou mousse
Os halteres viraram bomba
A ergométrica virou spinning
A tanga virou fio dental
E o fio dental virou anti-séptico bucal

Ninguém mais vê...

Ping-Pong virou Babaloo
O a-la-carte virou self-service
A tristeza, depressão
O esparguete virou Miojo pronto
A paquera virou pegação
A gafieira virou dança de salão
O que era praça virou shopping
A areia virou ringue
A caneta virou teclado

O long play virou CD
A fita de vídeo é DVD
O CD já é MP3
É um filho onde éramos seis

O álbum de fotos agora é mostrado por email
O namoro agora é virtual
A cantada virou torpedo
E do "não" não se tem medo
O break virou street
O samba, pagode
O carnaval de rua virou Sapucaí
O folclore brasileiro, halloween
O piano agora é teclado, também
O forró de sanfona ficou electrónico
Fortificante não é mais Biotónico
Bicicleta virou Bis
Polícia e ladrão virou counter strike
Folhetins são novelas de TV

Fauna e flora a desaparecer
Lobato virou Paulo Coelho
Caetano virou um chato
Chico sumiu da FM e TV
Baby se converteu
RPM desapareceu
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou Fénix

Raul e Renato, Cássia e Cazuza,
Lennon e Elvis,
Todos anjos
Agora só tocam lira...

A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida
A violência está coisa maldita!
A maconha é calmante
O professor é agora o facilitador
As lições já não importam mais
A guerra superou a paz
E a sociedade ficou incapaz...De tudo.
Inclusive de notar essas diferenças.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Gripe?



Sorria!




Elisabeth

Altura: 1,70m
Peso: 57 kg
Busto: 90 cm
Cintura: 67 cm
Quadril: 95 cm
Sapato: 37
Olhos: castanhos
Cabelos: castanho escuro



“Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida.”

“Antes tarde do que mais tarde.”

“O salário-mínimo deveria se chamar gorjeta máxima.”

“Se um homem bate na mesa e grita, está impondo controle. Se uma mulher faz o mesmo, está perdendo o controle.”

“Eu queria morrer como o meu avô, dormindo tranqüilo, e não gritando desesperadamente, como os quarenta passageiros do ônibus que ele dirigia!”

“Diga-me com quem andas que eu te direi se vou contigo.”

“Porque ‘já’ quer dizer agora, e ‘já, já’ quer dizer daqui a pouco?”

“Canela: dispositivo para encontrar objetos no escuro!”

“Chocolate não engorda, quem engorda é você!”

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá

Miss Guarujá-Biquinis Guarujá
COMPRE NA NOSSA LOJA VIRTUAL-CLIQUE AQUI